Ir para o conteúdo

segunda-feira, 04 de março de 2024

Artigos

Governo vai distribuir novo medicamento para o tratamento de HIV pelo SUS

O Ministério da Saúde passará a fornecer no SUS (Serviço Único de Saúde) um novo medicamento para o tratamento do HIV no país. O medicamento Dovato combina os antirretrovirais dolutegravir e lamivudina em um único comprimido.
Atualmente, o dolutegravir e a lamivudina são ofertados separadamente a pessoas que convivem com o vírus, o que implica na necessidade de ingerir dois comprimidos.
A aquisição está em fase final de licitação. O Dovato deve ser distribuído em todos os estados da federação até o final de 2023, conforme a pasta.
O medicamento foi aprovado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) em 2021, quando foi apontado pelo órgão como um “avanço” no tratamento do vírus por “facilitar” a adesão dos pacientes.
O Dovato é indicado para pacientes adultos e adolescentes acima de 12 anos, com peso superior a 40 kg, desde que não tenham resistência conhecida ou suspeita aos seus compostos.
Segundo a Saúde, o medicamento reduz a quantidade de vírus do HIV no organismo e aumenta a contagem das células CD4, importante para a defesa imunológica do ser humano. Atualmente, o SUS oferta 28 medicamentos para combater o HIV.

Compartilhe: