Ir para o conteúdo

domingo, 26 de janeiro de 2014

Artigos

Fuja do preconceito

Embora a gente saiba que a primeira impressão que se tem de uma pessoa, seja muito importante num relacionamento, ele não deve ser determinante para se decidir sobre ter ou não uma amizade, uma consideração especial ou uma postura distanciada de alguém. Não podemos julgar os outros à primeira vista e, muito menos, tomar atitudes após um primeiro contato, que demonstrem preconceito.
Recordemos o que aconteceu – e acontece – com Jesus. Muitos acreditaram Nele. Muito O recusaram, não Lhe dando nenhuma oportunidade de demonstrar para que "veio", chegando mesmo a eliminá-Lo, como pessoa que merecesse alguma consideração. Todos O ouviram e viram Seus milagres, mas cada grupo O viu de uma maneira.
Muitos, em todos os tempos, não acolhem a Palavra de Jesus, porque buscam não a verdade, mas os seus próprios interesses.
Quando se procura a Verdade, não se toma atitudes de preconceito. Procura-se examinar, conhecer melhor, para se então, tomar uma atitude a respeito e, quantos hoje, se dizendo "seguidores de Cristo", não conhecem a Sua mensagem. Quantos são os que criticam, sem ter tido uma única preocupação com a Doutrina do Senhor! Quantos aceitam, em parte, o que Jesus no legou, como se isto lhes fosse permitido!
Que se aceita, ou não se aceita o Evangelho! Ou se é, ou não se é Cristão!
Assim como devemos ser benevolentes e acolher as pessoas que chegam até nós, ou com as quais convivemos mais, ainda, devemos sê-lo para com Jesus e antes de demonstrar qualquer preconceito, procuremos ouvi-Lo com atenção; procuremos conhecê-Lo; estudemos a Sua Doutrina, pois temos a certeza de que Ele nos cativará, a todos!

Compartilhe: