Ir para o conteúdo

quinta-feira, 30 de maio de 2024

Artigos

Fortes, deveis defender os fracos!

Nós, os fortes, devemos suportar as fraquezas dos fracos e não buscar só o que nos agrada. (cf. Rm 15,1)

O Apóstolo Paulo recomendou aos cristãos da comunidade de Roma a fazerem o bem visando a edificação do próximo. Não raro, verificamos pessoas muito bem sucedidas em tudo o que fazem com postura impaciente para com seus subordinados.
Ora, comportando-se assim com pessoas fora da esfera familiar, como devem portar-se com seus os pais e seus irmãos? Os vencedores, de fato, merecem pompas e circunstâncias por todo bom desempenho obtido nas batalhas de um cotidiano honesto. Mas, nem todos conseguem voar alto.
Os motivos podem ser inúmeros: desde uma incapacidade física ou limitações intelectuais, ou então, uma situação social sem perspectiva de ascensão. Aos fortes, que alcançaram o topo do sucesso e do bem estar em todos os sentidos, se cristãos, lembrem-se dos fracos e indefesos em todos os sentidos, que necessitam bastante de atenção, entendimento e consolação.
Cristo, quem tornou-se servo para demonstrar a fidelidade de Deus a todos os que acolhem uns aos outros com toda a alegria, paz, esperança e misericórdia é nosso maior exemplo. E aos fracos e indefesos, não desanimem e não desistam de crer que o amanhã será melhor, pois é preciso batalhar honestamente e dar a César o que é de César e a Deus o que é de Deus.

Carlos Araki
Seminarista

Compartilhe: