segunda-feira, 26 de outubro de 2020

Artigos

Fortalecer a educação pública através do conceito de rede

A pandemia de Covid-19 surge como um grande obstáculo para a educação pública, evidenciando a precariedade de suas estruturas e a desigualdade no acesso à informação e ao conhecimento que existe na sociedade brasileira. Ao mesmo tempo, apresenta-se como uma oportunidade rara de sairmos do lugar comum e repensarmos conceitos e metodologias para se aprimorar o projeto pedagógico. Urge darmos significado real a ideia de rede pública de ensino.
Estados e municípios precisam repensar a sua prática educacional, aplicando de fato o conceito de rede na construção das aulas que serão ministradas em seus ambientes escolares. Através de recursos tecnológicos de fácil acessibilidade é possível estabelecer mecanismos para construção coletiva de conteúdos e aulas, unindo melhores práticas de ensino, indiferente da distância física que exista entre os professores.
A multiplicidade docente da rede pública de ensino possibilita a formulação de um amplo conjunto de alternativas para se alcançar pedagogicamente os alunos. Isto permite aumentar a probabilidade de êxito na educação de crianças, jovens e adultos através da construção de novos caminhos para que se atinja a plena compreensão e reflexão dos conteúdos apresentados.
Para isto, necessitamos parar de pensar a prática docente da educação pública de forma individualizada por escola ou sala de aula.
Ao invés, temos de estabelecer o entendimento da riqueza coletiva do corpo docente como um todo para que possamos atender identidades cognitivas bastante diversas que existem em cada turma, reflexo de realidades tão diversas e, em alguns casos, também muito adversas. Assim, estaremos avançando para que a educação seja libertadora e não uma ponte que se perde no infinito na perspectiva de tantos brasileiros.

Fabrício S. Caetano
Diretor da Target Mais Brasil

Compartilhe: