Ir para o conteúdo

quarta-feira, 29 de junho de 2022

Artigos

Filme sobre beato Carlo Acutis deve estrear em 2023

Os produtores do primeiro filme sobre o beato Carlo Acutis, “O Céu não pode esperar”, disseram que o filme não deixará ninguém indiferente e ajudará os espectadores a repensar a vida e a caminhar pelo bom caminho.
“O Céu não pode esperar: Carlo Acutis, o Ciberapóstolo” é produzido pela Custodian Movies, dirigido pelo cineasta José María Zavala.
“Quisemos percorrer todos os lugares de Carlo Acutis, desde o seu nascimento até à sua morte”, disse Borja Zavala, um dos produtores, à EWTN, grupo de comunicação católico a que pertence ACI Digital. “O que o espectador encontrará, além de uma biografia detalhada, também serão testemunhos da vida das pessoas”.
Zavala citou o testemunho de “um rapaz viciado em drogas, viciado em pornografia e que mudou radicalmente a sua vida depois de conhecer Carlo Acutis”.
“Há muitos testemunhos como este no filme que podem ajudar o espectador a repensar sua vida e ver se está no caminho certo.”
Borja relatou que a ideia do filme surgiu com o impacto da beatificação de Carlo Acutis, em 10 de outubro de 2020. “Perguntámo-nos: por que não fazer este filme, num momento em que a juventude precisa dele, precisa de um líder que os arraste para o caminho certo, e quem melhor que Carlo?”
Sobre os locais onde filmaram, Inés Zavala, também produtora do filme, comentou que foi filmado em Assis, cidade italiana onde Carlo Acutis passou parte da sua infância, e em Londres, onde ele nasceu.
O filme deve ser lançado em 2023, e conta com doações que podem ser feitas pelo site: www.gofundme.com/f/la-pelcula-de-carlo-acutis.
Carlo Acutis morreu em virtude de leucemia, aos 14 anos de idade. Ele adorava rezar o terço, participava da missa com frequência e mantinha um site sobre os milagres eucarísticos. Sua causa de beatificação foi aberta em 2013. Carlo foi declarado venerável em 2018, e beatificado em 10 de outubro de 2020.
Fonte: ACI Digital

Compartilhe: