Ir para o conteúdo

domingo, 03 de novembro de 2013

Artigos

ETERNO CONSELHO

Os que Jesus deu aos apóstolos e que dá aos que querem ser Seus seguidores hoje, a respeito das dificuldades que todos teriam e terão em suas vidas e, mesmo a real expectativa da própria cruz, provam que a Cruz era qualquer coisa proeminente na Sua Vida Divina, como é de um valor extraordinário na vida de qualquer cristãos.
Nosso Senhor não prometeu aos que O seguissem qualquer imunidade do mal neste mundo mas prometeu a vitória sobre ele: "Disse-vos estas coisas, para que tenhais Paz em Mim Encontrais tribulações  no mundo, mas tende confiança. Eu venci o mundo!
Diante de qualquer sofrimento interior, provação moral, dor física, o cristão pode ter certeza de que a paz é a recompensa divina  a ser gozada imediatamente depois. A paz está na alma, e resulta da união com o Senhor, ainda que o corpo sinta a afinidade com Jesus, maior será a paz a ser sentida pelo cristão.
Dores, tribulações angustias, ansiedades são permitidas, por Aquele mesmo que dá a paz. A aceitação serena das contrariedades é demonstração de fé na Misericórdia Divina e, consequentemente, a garantia das graças prometidas e do Amor de Deus.

Compartilhe: