Ir para o conteúdo

segunda-feira, 04 de março de 2024

Artigos

Estamos sós no universo?

Há muito tempo nossa espécie tem questionado se apenas nós existimos em todo o universo. Tema polêmico, tem sido desde então objeto de debates sob o enfoque da religião, ciência, política, literatura e cinema. Cabem alguns comentários, que abaixo seguem.
Em face da religião, o Gênesis nos ensina que Deus criou o céu e a terra, o firmamento e as estrelas do céu. Todo o universo foi por Ele criado e no sexto dia criou o primeiro homem, Adão, e em seguida Eva, a primeira mulher, dos quais todos descendemos e assim surgimos à imagem e semelhança do Criador.
É-nos ensinado que onde Deus estiver haverá vida. O nosso planeta é exemplo notório, com todas as formas de vida aqui existentes, das quais também fazemos parte. Há quem questione se, em outros lugares do universo haverá vida igual ou assemelhada à nossa, com os mesmos atributos dados a nós pelo Criador.
Em face da ciência, muito tem sido estudado e pesquisado. Em agosto de 1977 a Nasa lançou, de Cabo Canaveral, a nave robótica “Voyager 2”, para navegar indefinidamente pelo espaço e descobrir detalhes dos planetas, corpos celestes e, também, entrar em contato com alguma forma de vida inteligente. Para esta finalidade carrega ela um disco de ouro com diversos sons da natureza do nosso planeta.
Paralelamente à referida viagem interestelar, vários radares ao redor do mundo tem vasculhado o universo com o objetivo de encontrar sinais de rádio, além do atual telescópio espacial James Webb vasculhá-lo em novas descobertas, das quais planetas habitáveis — assemelhados ao nosso — fazem parte.
Em face da política, o tema requer atenção especial dos chefes de Estado, de Governo e oficiais das Forças Armadas, em razão dos efeitos que podem causar revelações da existência de seres extraterrestes às sociedades. Muito se especulou a respeito, inclusive, sobre o Caso Roswell, incidente que aconteceu em 1947, no Estado do Novo México. Para os defensores das teorias da conspiração, uma nave alienígena teria caído próximo à cidade de Roswell e os fragmentos da nave junto aos corpos dos tripulantes teriam sido recolhidos pelas Forças Armadas dos Estados Unidos da América.
A literatura também produziu muitas obras a respeito, das quais a mais famosa é “Guerra dos Mundos”, escrita em 1898 por Herbert George Wells, que trata da invasão por alienígenas que acabam derrotados pelos vírus do nosso planeta. No cinema muitos filmes também abordaram o tema, dos quais dois deles são “Independence Day” (1996), dirigido por Roland Emmerich, e “Battleship — A Batalha dos Mares” (2012), dirigido por Peter Berg.
Em suma, mencionada dúvida tem sido debatida em face da religião, da ciência e da política e fonte da literatura e do cinema, com o conhecimento que possuímos para encontrar a resposta, cuja divulgação poderá causar pânico ou clamor público. Mas, ainda aguardamo-la em face da referida: Estamos sós no universo?

 

 

 

Marcelo Augusto Paiva
Pereira e arquiteto
e urbanista

Compartilhe: