segunda-feira, 26 de outubro de 2020

Artigos

Estamos apenas de passagem

“A minh’alma tem sede de Deus, e deseja o Deus vivo. Quando terei a alegria de ver a face de Deus?” (Salmo 41, 3).

Na Liturgia desta 6ª Semana da Páscoa lemos parte do Salmo 41 que expressa a vontade do salmista em estar, novamente, ao serviço do Senhor para, então, cantar e louvar entre o povo com grande festividade ao som de instrumentos musicais e cânticos a Deus.
Onde estava o salmista para compor um texto tão saudoso assim? Será que ele estaria longe de sua terra e sua gente? Será que estava preso em terras estrangeiras? Abandonado, exilado ou cumprindo alguma penalidade?
O intuito não será responder aos questionamentos aqui. Mas sim, se você já se sentiu assim. Pois não raro, nos mudamos de um lugar para outro em busca de melhores condições de vida e trabalho. E, num primeiro momento, em meio a estranhos, sentir-se como não sendo daquele lugar e muito menos para o mesmo.
Veja, pensando em nossa existência, para nós cristãos, estamos como que peregrinos na terra. E assim, pedimos sempre ao Senhor a ajuda necessária para transpor todas as dificuldades, vencer desafios e proteção contra todo o tipo de mal. Tanto que, mais adiante, no Salmo 118, versículo 9 se lê: “Sou peregrino na terra; não esconda de mim os teus mandamentos”.
Portanto, coragem! É preciso crer e animar-se com a certeza de que o amanhã será muito melhor, primeiro pela oportunidade que, por graça de Deus, podemos sempre recomeçar do zero. Depois, seguindo seus mandamentos e vivendo a caridade poderemos viver os dias que nos restam em paz, pois Deus garantiu vida longa e próspera para os que guardam seus preceitos. E, certamente, também, para todos os de boa vontade Deus lhes prepara bons caminhos.
Sendo assim, meus irmãos e irmãs, mesmo sentindo-nos como que peixes fora d’água, se nossa esperança estiver em Deus Todo-Poderoso não haverá ameaça forte o suficiente para nos roubar o ânimo de fazer a diferença onde estivermos e refletirmos a humanidade de Deus.

Diácono Carlos Araki
Paróquia Santa Ana e São Joaquim

Compartilhe: