quarta-feira, 02 de dezembro de 2020

Artigos

EM QUEM ACREDITAR

Bom dia Barretos.

Estamos vivendo um tempo de grandes mudanças no comportamento humano causando-nos um estado de perplexão. Ainda agora, fomos surpreendidos pela notícia de que um Senador da República, e pasmem membro da comissão de ética do Senado Federal, foi flagrado com dinheiro de propina na cueca. Pior ainda, o senador participa da comissão parlamentar responsável pela execução orçamentária e financeira das medidas relacionadas à Covid-19. Raposa tomando conta do galinheiro. Foi flagrado com trinta e três mil reais dentro da cueca. A operação ocorreu na casa do senador, em Boa Vista, Roraima na investigação de desvio de recursos destinados ao combate à Covid-19.
Somente na compra de Kits de testes rápidos, calcula-se ter havido sobre preço de aproximadamente um milhão de reais. Parte do dinheiro aprendido na cueca do senador estava com fezes, o que nos leva a crer que na hora do aperto sua excelência perdeu o controle de seu esfíncter.
O Ministro Luís Roberto Barroso do Supremo Tribunal Federal, o afastou preventivamente do cargo por noventa dias, o que causou mal-estar entre seus colegas senadores, que ameaçam tornar sem efeito tal medida. Pena que a corrupção se alastrou como erva daninha no âmbito da vida no Brasil.
Os escândalos se dão em todos os níveis e parece que houve uma perda coletiva do senso de responsabilidade. Qual o exemplo que é passado para o cidadão comum? Em quem acreditar? O homem honesto diante de todos esses escândalos sente-se envergonhado e como peixe fora da água. É verdade que ainda temos cidadãos horados, que não se maculam que constituem uma reserva moral de nossa pátria.
Cabe somente a nós eleitores exercermos o dever de ir gradativamente afastando os corruptos de seus cargos, substituindo-os por cidadãos prestantes, tementes a Deus e que se realizam ajudando o próximo.

Bom dia Barretos

Compartilhe: