terça-feira, 20 de outubro de 2020

Artigos

EDUCAÇÃO EM TEMPOS DE PANDEMIA

Nossas crianças, adolescentes e jovens estão em casa desde o começo do ano e provavelmente com o primeiro semestre comprometido, sem aulas nas escolas. Mesmo com alternativas on line, para muitos cursos, especialmente em nível superior, a maioria dos que estão em casa, não tem a disciplina e o foco para ficar um determinado tempo do dia, dedicado ao estudo. Há, portanto uma dispersão desse tempo pela internet, no entretenimento, jogos, redes sociais, etc. Muitos pais preocupados com a crise econômica também não conseguem concentração adequada para tirar um tempo por dia e dar a atenção que as crianças e jovens precisam, também eles buscando escapismos pela internet. Tudo isso trouxe um cenário totalmente impensável, até há pouco tempo atrás, e que exige de nós uma resposta mais responsável e solidária, no enfrentamento desse grande desafio, de dimensão global.
Nem todos os que estão de quarentena, tem a estabilidade financeira para suportar esse período de grande incerteza e angústia. O governo federal buscou suprir, com algum recurso, em forma de auxílio emergencial, mesmo assim insuficiente, para muitos que vivem na informalidade. Isso cria dificuldades para que os pais possam conseguir dedicar com tranquilidade, algum tempo na educação dos filhos. Mas há um bom número de funcionários públicos (inclusive professores) que estão em casa com salários abonados. A estes poderemos nos dirigir apelando que aproveitem essa condição excepcional, para se dedicarem mais aos filhos, à família, principalmente às crianças, oferecendo o melhor de si. Há muitas atividades que podem ser desenvolvidas com eles, para que tenham o melhor proveito do tempo em casa. É preciso que haja esforços nesse sentido, para evitar que as crianças, adolescentes e jovens fiquem na ociosidade ou somente no entretenimento, sem que aproveitem o tempo para estudar.
Experiências bem sucedidas de homescooling comprovam a importância da educação em casa. Há hoje bastante material disponível pela internet, que poderão ter muita validade para aqueles que querem conhecer estas novas metodologias. Tudo isso são ferramentas novas que podem servir de auxílio no processo ensino-aprendizagem, e que poderão ajudar nesse momento de crise conjuntural, para que os pais ofereçam aos seus filhos, em casa, conhecimento e afeto, e desenvolvam com isso os sentimentos de responsabilidade e solidariedade, importantes para o enfrentamento dos desafios da vida.

Valmor Bolan é Doutor em Sociologia. Professor da Unisa. Ex-reitor e Dirigente (hoje membro honorário) do Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras. Pós-graduado (em Gestão Universitária pela OUI-Organização Universitária Interamericana) com sede em Montreal-Canadá.

Compartilhe: