terça-feira, 27 de outubro de 2020

Artigos

EDUCAÇÃO E O DESAFIO DO NOVO

Como a onda de conservadorismo que cresceu na década passada afeta a Educação? Isso comprova mais uma vez as teorias cíclicas da história, de períodos mais abertos e democráticos, outros mais autoritários. Carl Rogers associava as escolas tradicionais ao autoritarismo. Para ele, em modelos assim de escola, “as decisões são tomadas na cúpula pelo diretor e pelos professores.
Os alunos não tem nada a dizer”. E acrescenta: “Houve um movimento pendular nos anos 60 e agora a balança parece pender na outra direção. Atravessamos um período muito desfavorável às ideias inovadoras”. Daí a importância do crescimento do conservadorismo em nossa sociedade atual, que busca respostas aos novos problemas da atualidade. No campo educacional se reflete não apenas no modo como ainda estão organizadas as nossas escolas, como também em relação aos conteúdos, à metodologia de ensino, etc. “Há um longo período durante o qual as mentalidades mudam lentamente de maneira subterrânea, e depois, subitamente, as ideias novas eclodem no mundo inteiro”, completa Carl Rogers. Estaremos vivendo atualmente um momento de eclosão do novo? E que novo exatamente seria esse?
O fato é que as estruturas antigas não funcionam mais, não conseguem respostas eficazes aos novos desafios. A pandemia do coronavírus mostrou isso. Teremos que buscar novas formas de relacionamento, de intercâmbio, de produtividade, de aprendizado, etc. Ainda não sabemos como serão essas novas formas de organização social.
A internet, de algum modo, já vinha sinalizando essas novas possibilidades. É claro que nem tudo pode ser feito on line, mas muitas das antigas atividades terão de se adaptar aos recursos das tecnologias de comunicação.
Qual o impacto disso na dimensão humana dos relacionamentos? Ainda não sabemos. Mas é fato que estamos vivendo uma época de transição, aonde “ideias inovadoras” mais uma vez vão se impondo à nossa realidade.
Certamente todas essas mudanças, que já estão influenciando na sociedade, com impacto na Educação, nos levarão a um modo novo, em muitos aspectos. O ensino a distância (EAD) poderá ser aprimorado, a formação dos professores, a carga horário de trabalho e de estudo, as graduações, etc.
Todas essas transformações estão em aberto, num século que ainda está começando. Esperamos que propiciem melhorias significativas, pois só uma Educação com melhor qualidade garantirá o bem para todos.

Valmor Bolan é Doutor em Sociologia. Professor da Unisa. Ex-reitor e Dirigente (hoje membro honorário) do Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras. Pós-graduado (em Gestão Universitária pela OUI-Organização Universitária Interamericana) com sede em Montreal-Canadá.

Compartilhe: