terça-feira, 14 de julho de 2020

Artigos

E vós, quem dizeis que eu sou?

Hoje, a Igreja Católica celebra liturgicamente a festa de São Pedro e São Paulo, contudo, o dia da memória de São Pedro seja dia 29 de junho. Com isto, a Igreja celebra duas colunas fundamentais no anúncio do evangelho nos primeiros anos da fé católica.
São Pedro, apóstolo do Senhor, homem rude, não muita instrução. Ao longo da convivência com Jesus teve vários episódios em que teve que ser corrigido pelo Mestre. Porém, é o primeiro Papa da Igreja, é o primeiro dentre os apóstolos.
Já Paulo, que antes se chamava Saulo, veio mais tarde. Severo perseguidor dos cristãos teve sua conversão ao cair do cavalo e ficar cego. Mudou-se de nome e se tornou um dos maiores missionários da Igreja. Dois homens bem distintos, mas com algo em comum: ambos sabiam quem era Jesus; conheceram Jesus e fizeram uma experiência pessoal com Ele.
Hoje, apesar de termos tanta liberdade religiosa, muitas pessoas que se dizem religiosas ainda não fizeram esta experiência pessoal com Jesus. Podem ir à missa, ao culto, mas lá no íntimo, ainda não sabem quem é Jesus. Saber quem Ele é, é muito mais que um bem estar emocionar ou um conhecimento doutrinal.
Saber quem é Jesus implica em deixar que Ele transforme nossa vida, este é o sinal. Se deixamos Ele mudar nossa vida, mexer em nossas feridas, transformar o nosso jeito de ser, então O conhecemos. Caso contrário, não passaremos de pessoas que falam de Jesus, que ouvem algo sobre o Cristo, mas ainda, não o conhecem de verdade.
O que o mundo mais precisa neste momento é de pessoas que realmente conheçam Jesus para que, através de seu testemunho, juntos construamos o Seu Reino no meio de nós.
Que o testemunho de São Pedro e São Paulo nos encorajem a deixar Jesus transformar a nossa vida. Deus te abençoe! Uma feliz e santa semana!

Padre Thiago Freitas dos Reis
Pároco da Paróquia do Bom Jesus

Compartilhe: