Ir para o conteúdo

terça-feira, 26 de setembro de 2017

Artigos

Dom Milton ordena o segundo diácono permanente para a diocese

A Diocese de Barretos passou a contar a partir de sexta-feira (22) com mais um diácono permanente. Mário Lúcio Alves de Paulo, paroquiano da Paróquia Senhor Bom Jesus da cidade de Guaraci, foi ordenado pela imposição das mãos do bispo diocesano, Dom Milton Kenan Júnior. A celebração eucarística aconteceu na igreja matriz da cidade.
Mário foi admitido às ordenas sacras no dia 12 de abril, no salão paroquial da Catedral Divino Espírito Santo durante momento de espiritualidade do clero na Quarta-feira Santa, e recebeu os Ministérios de Leitor e Acólito no dia 18 de junho, no salão paroquial de Guaraci. 
Ele, que se preparou por quatro anos com formação teológica, é natural de Severínia e vive em Guaraci há 40 anos. É casado com Maria Imaculada Silva de Paula há 33 anos e tem dois filhos, José Reinaldo e Mário Lúcio.
Na Liturgia, os diáconos permanentes podem administrar o Sacramento do Batismo e assistir e abençoar os Matrimônios; assistir ao celebrante durante a missa proclamando o Evangelho, servindo ao altar, distribuindo a Eucaristia. Além disso, podem presidir celebrações da Palavra de Deus e fazer homilias, levar a Eucaristia aos enfermos, rezar com os moribundos em nome da Igreja, oficiar exéquias, abençoar pessoas, animais e coisas.
O primeiro diácono permanente da diocese, José Paulo Lombardi, foi ordenado por Dom Edmilson Amador Caetano, O.Cist., quinto bispo diocesano de Barretos e atualmente bispo da Diocese de Guarulhos, no dia 10 de agosto de 2012, na Catedral Diocesana, onde exerce seu ministério.
 

Compartilhe: