Ir para o conteúdo

domingo, 14 de agosto de 2022

Artigos

Divulgados tema e cartaz da Campanha missionária 2022

As dioceses brasileiras já se preparam para participar da Campanha Missionária que será realizada em outubro. Este ano a iniciativa terá por tema “A Igreja é missão” e a seguinte inspiração bíblica escolhida pelo Papa Francisco para o mês missionário: “Sereis minhas testemunhas” (At 1,8).
Com o objetivo de auxiliar as arquidioceses, dioceses e prelazias na celebração do mês missionário, a organização da Campanha Missionária disponibilizou materiais de animação (novena missionária, vídeos com testemunhos, cartazes, santinhos, mensagem do Papa, envelopes de coleta) que colaboram com a reflexão da mensagem, em unidade com toda a Igreja.
A arte para o cartaz 2022 foi pensado como uma janela que se abre para o mundo, nela é possível ver a silhueta do mapa do Brasil e dentro dele rostos de missionários e missionárias, tendo como destaques o Papa Francisco e a Beata Pauline Marie Jaricot, grande motivadora do surgimento das Pontifícias Obras Missionárias (POM) como rede mundial de oração e solidariedade a serviço do Papa e das Igrejas locais.
Seguindo a identidade visual do Ano Jubilar Missionário, as cores utilizadas na arte do cartaz nos convidam para uma grande explosão missionária aberta à universalidade, como propõe o Programa Missionário Nacional: para cada Regional da CNBB, um projeto Ad Gentes; e cada Igreja Particular assumir um projeto de Igrejas irmãs.
A Coleta Missionária acontece entre os dias 22 e 23 de outubro em todas as paróquias do Brasil. As ofertas recolhidas nestes dias são enviadas integralmente às Pontifícias Obras Missionárias (POM) que as repassam ao Fundo Universal de Solidariedade para apoiar projetos em todo o mundo.
Em 2021, este fundo distribuiu mais de R$ 418 milhões, fruto das doações da coleta missionária, entre 1.050 dioceses pobres, nos territórios de missão nos cinco continentes. Deste montante, mais de R$ 6 milhões foram enviados do Brasil.
Este ano é especial pois são celebrados em âmbito internacional os 400 anos de criação da Congregação para Evangelização dos Povos, 100 anos que o Papa Pio XI concedeu as Obras Missionárias um caráter Pontifício e a beatificação de Paulina Jaricot que há 200 anos fundou a Pontifícia Obra da Propagação da Fé.
Já em âmbito nacional são celebrados os 50 anos de criação do Conselho Missionário Nacional (COMINA); os 50 anos das Campanhas Missionárias; os 50 anos dos Projetos Igrejas Irmãs; os 50 anos do Conselho Missionário Indigenista (CIMI), os 50 anos do Documento de Santarém, os 60 anos do CCM e os 70 anos da criação da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

Compartilhe: