Ir para o conteúdo

terça-feira, 11 de maio de 2021

Artigos

Disfunções da tireoide e o coração

Olá!

A tireoide é a glândula que produz os hormônios reguladores do nosso metabolismo. Esses hormônios possuem ação direta e indireta sobre as células cardíacas e, consequentemente, tanto o excesso de sua produção (condição chamada hipertireoidismo) quanto a sua deficiência (conhecida como hipotireoidismo) influenciarão o aparelho cardiovascular. Um estudo da universidade de Harvard mostra que essas condições podem bagunçar a saúde cardiovascular.
O estudo mostrou, que mulheres com hipotireoidismo subclínico – alterações hormonais porem ainda sem sintomas – apresentaram uma piora nos índices de colesterol e um marcador ligado a disfunção cardíaca e ao diabetes. Outros estudos mostraram relação com infarto e até osteoporose. As pessoas com hipotireoidismo não apresentam com sintomas, mas algumas podem sentir fadiga e falta de energia, que são sintomas inespecíficos. Importante lembrar que muitas outras doenças também apresentam esses mesmos sintomas, como por exemplo, a anemia. Podem apresentar outros sintomas como leve ganho de peso, intolerância a temperaturas frias, pele seca, queda de cabelos, constipação intestinal e irregularidade menstrual.
Por outro lado, se há um excesso do hormônio (hipertireoidismo), o trabalho cardíaco aumenta, situação que pode levar a insuficiência cardíaca (falha do coração como bomba), dilatação do coração, arritmias e palpitações. Os sintomas do hipertireoidismo são ansiedade, irritabilidade, fraqueza muscular, tremores das mãos, sudorese excessiva, intolerância ao calor, perda de peso com apetite preservado ou aumentado, habito intestinal aumentado. Assim como no hipotireoidismo, é importante lembrar que os sintomas são inespecíficos, ou seja, outras doenças também podem apresentar os mesmos sintomas.
Tenha sempre bons hábitos de vida e procure sempre um cardiologista para uma avaliação clínica.

Um ótimo domingo e até o próximo!!

Compartilhe: