Ir para o conteúdo

quinta-feira, 18 de setembro de 2014

Artigos

Direto da Fonte

A contrapartida…
…essencial para a Santa Casa de Barretos (ou qualquer outra) ao aderir ao PROSUS é ampliar o atendimento aos pacientes do sistema SUS, ampliar o número de exames ofertados e também de cirurgias. Para a Santa Casa de Barretos foi um alívio poder contar com um programa que vai custear R$ 25 milhões, dos R$ 63 milhões de dívidas da instituição. Contudo, ainda perdura uma dívida de R$ 38 milhões e qualquer escorregão, como falta de pagamento em dia, perde-se o direito ao programa.
 
Dinheiro flutua…
…de todos os lados. O último levantamento feito pela Agência Nacional de Saúde apontou que os planos de saúde da cidade (Santa Casa Saúde e Unimed) têm juntos uma dívida de quase R$ 1,8 milhão com o SUS por serviços feitos na Santa Casa dentro do sistema SUS. Segundo o levantamento, a Santa Casa Saúde deve cerca de R$ 1milhão e a Unimed R$ 846 mil. A cobrança do valor é feito pelo cruzamento de dados com usuários dos planos que tiveram atendimento feitos pelos SUS.
 
Em Barretos…
…nos córregos, Aleixo e Pitangueiras, onde há captação de água para abastecer a cidade, as últimas medições feitas pelo SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) mostraram que houve diminuição no volume de água. De acordo com o superintendente, Silvio Brito, o monitoramente é realizado constantemente para planejar a retirada de água dentro do potencial dos córregos. Até o momento, segundo Brito, não foram necessárias medidas de contenção de consumo. Até o momento!
 
Cai ainda mais…
…o volume útil das usinas de Furnas e Mascarenhas de Moraes, duas das que dão suporte para a produção de energia na região Sudeste, que inclui Barretos. Furnas ficou no mês de agosto 27,2% do seu volume útil de água, contra 60,61% em agosto de 2013. Na usina de Mascarenhas a situação é ainda pior com 25,5%, contra 96,61% em 2013. É o pior resultado nos últimos 10 anos para as duas usinas em relação ao volume de água disponível. 
 
No TAC…
…assinado esta semana entre Ministério Público e Prefeitura de Barretos ficou decidido que haverá fiscalização nas calçadas já construídas exigindo dos responsáveis adequações às normas de mobilidade. A prefeitura deverá encaminhar a cada seis meses relatório contendo endereços dos imóveis, as irregularidades e providências adotadas. Isso será acompanhado pelo prazo de dois anos. Mais ainda, quando notificada de irregularidades a prefeitura deve exercer o seu poder no prazo de 30 dias. Ufa!
 
A Vacina…
…contra a Hepatite A começou a fazer parte do grupo de vacinas oferecida pelo SUS. O estado de São Paulo foi um dos últimos estados a ter esta vacina disponível entrando este mês no sistema. É dirigida a crianças de 1 ano até 1 ano e 11 meses. A meta do ministério é imunizar 95% desse público em um ano, o que totaliza três milhões de crianças. Em Barretos essa população alcança em torno de 2 mil crianças. Agora chega a 14 vacinas de imunização fazendo parte do calendário. 
 
Caiu 20%…
…o saldo da balança comercial do agronegócio considerando de janeiro a agosto de 2014 e de 2013. O principal fator no desequilíbrio das contas de 2014 é que o setor exportou menos e importou mais gerando um saldo menor que o do ano passado em torno de US$ 8 milhões. Esse saldo ajudou as contas da balança comercial paulista total, mas não resolveu muito o problema. No ano passado no período o déficit total foi de US$ 23,16 milhões e esse ano foi de US$ 22,99. Ficou na mesma!
 
Entrar mudo…
…e sair calado essa foi a atitude do ex-diretor Paulo Roberto Costa na CPI Mista que investiga a distribuição de propinas entre empresas e parlamentares. Até a tarde de ontem havia um "açodamento" (briga) entre os deputados sobre o assunto e o ex-diretor apenas dizia que "me reservo o direito de não responder". Os deputados estão utilizando todos os recursos para saber quem são ou serão os políticos delatados. Pulam igual pipoca em frigideira quente.

Compartilhe: