Ir para o conteúdo

domingo, 29 de junho de 2014

Artigos

Direto da Fonte

O cinema nacional…
…ganhou um parceiro a mais: o universo da educação pública de todo o País. Neste final de semana foi sancionada lei que obriga as escolas a incorporarem o cinema nacional no currículo escolar. Mais que isso, o cinema nacional e os filmes produzidos passam a fazer parte da proposta pedagógica e as escolas devem exibir pelo menos duas horas de filmes por mês. A lei é boa e vai estimular o gosto pelo cinema. Resta saber como as escolas vão fazer isso funcionar direito! 
 
Pronto, nem… 
…mais um tapinha! Já está valendo desde sexta-feira a lei que proíbe qualquer tipo de castigo físico ou tratamento cruel e degradante em criança e adolescente. A Lei homenageia o garoto Bernardo Boldrini de 11 anos encontrado morto em abril no Rio Grande do Sul. Pai e madrasta são acusados. Pena que a lei teve um veto que aplicava até 20 salários mínimos a agentes públicos que não comunicasse maus tratos às autoridades. Lembrando: Bernardo procurou agentes públicos antes de ser morto! 
 
A dengue começa…
…a rondar as cidades novamente. Em São Paulo duas pessoas morreram. No último boletim da Vigilância Sanitária de Barretos divulgada na sexta-feira registrou 35 casos positivos, com um total de 178 notificados e 12 a espera de resultado. Mas o alerta de pesquisadores brasileiros e franceses é da chegada de um vírus chamado Chikungunya. Que nome, hein! O vírus chegou junto com os turistas que vieram para a Copa, caso estejam infectados. As agências de saúde afirmam: é irreversível! 
 
Esperto o… 
…Chikungunya é transmitido pelo mesmo vetor da dengue o mosquito Aedes Aegypti e Aedes Albopictus. Já chegou nas Américas. Portanto, atenção para os sintomas: febre alta, que aparece de repente, dor de cabeça e mialgia (dor muscular), exantema (erupção na pele), conjuntivite e dores nas articulações. Segundo os pesquisados, a dor é tão forte que chega a impedir os movimentos da pessoa. Pior de tudo: a dor pode demorar meses depois que a febre já foi embora.
 
Alívio no bolso… 
…do consumidor que precisa de medicamentos de tarja preta e vermelha. É que o governo federal atualizou a isenção de PIS/Cofins para 1.643 itens, aumentando mais 174 novas substâncias. O reflexo na ponta, ou seja, para o consumidor final, pode chegar a 11% de queda nos preços. Difícil é o consumidor final saber e usufruir essa baixa nos preços, que significa uma renúncia fiscal de R$ 20 milhões dados ao setor farmacêutico. Nada ver estarmos a três meses da eleição, claro! 
 
Está definido… 
…o aumento do pedágio de 4,89% para a região explorada pela TEBE a partir da próxima terça-feira (1 de julho). São moedinhas preciosas para quem vai e vem pela estrada todos os dias. Hoje o valor cobrado, segundo informações junto a TEBE, é de R$ 7,00 e passará a R$ 7,34. O aumento foi definido pela Artesp (Agência de Transportes do Estado de São Paulo), que argumenta que o valor acumulado do aumento entre 2013 e 2014 deveria ser de 14,54%. Bendita eleições! 
 
O resultado da Copa… 
…do Mundo no Brasil parece ter despertado os céticos da FIFA. Jerôme Valcke, secretário geral da FIFA afirmou no Portal 2014 que “está Copa vai quebrar muitos recordes e já é um sucesso de público”. Aqui no Brasil e também fora, no exterior. Mas parece que Valcke e o pessoal da FIFA estão de olho mesmo é nos números de audiência nos EUA. Que superou esportes tradicionais como basquete e basebal. Com essa audiência fazer uma Copa nos EUA é $$$$$ no bolso fácil! 
 
Com esse… 
…resultado o governo federal já bate no peito e diz que os investimentos foram compensados e justificados. Estava escrito que o uso da Copa do Mundo para dividendos eleitorais seria um processo irreversível. E serve até para brecar alguns investimentos previstos. Segundo o Contas Abertas, os R$ 12 bilhões estimados em mobilidade urbana já está parando nos R$ 8 bilhões. O governo federal pisou no freio. Se já deu certo com 8 para que 12? Raciocínio, lógico.

Compartilhe: