Ir para o conteúdo

terça-feira, 11 de maio de 2021

Artigos

Diocese de Barretos completa 48 anos de criação

Pelo segundo ano, a Diocese de Barretos comemora seu aniversário de criação em meio à pandemia da Covid-19.
Erigida canonicamente no dia 14 de abril de 1973, pelo Papa Paulo VI, a Igreja Particular de Barretos é constituída por 24 paróquias e uma quase paróquia em 13 municípios, tendo Barretos como sede diocesana: Barretos, Colômbia, Colina, Jaborandi, Morro Agudo, Guaíra, Ipuã, Miguelópolis, Guaraci, Olímpia, Severínia, Cajobi e Embaúba.
O governo pastoral do Bispado de Barretos contou com cinco bispos antes de Dom Milton Kenan Júnior: Dom José de Matos Pereira (primo de Dom Milton), Dom Antonio Maria Mucciolo, Dom Pedro Fré, Dom Antonio Gaspar (bispo emérito da diocese e que reside em São Paulo), e Dom Edmilson Amador Caetano (atual bispo de Guarulhos).
O clero diocesano conta com 32 padres e dois diáconos permanentes. Dez seminaristas estão em formação em São José do Rio Preto. Sessenta e três religiosos professos, entre padres, irmãos, freis e freiras atuam na diocese.
Antes da pandemia estava sendo planejada uma programação de um tríduo anual rumo ao Jubileu de Ouro da diocese, em 2023.

Compartilhe: