Ir para o conteúdo

segunda-feira, 24 de junho de 2024

Artigos

Dicas para melhorar o Controle Emocional

Controle emocional é a capacidade de desempenhar tarefas e enfrentar obstáculos sem permitir que as sensações envolvidas nesses processos afetem seu poder de decisão. Assim, é possível manter o equilíbrio para prestar atenção ao que realmente importa e agir conforme a demanda de cada momento.
Os benefícios para quem aplica essa habilidade são percebidos tanto na rotina pessoal quanto na profissional. Confira algumas dicas para você exercitar seu controle emocional.
Equilibrar razão e emoção
Então, em seu dia a dia, procure expressar o que sente e expor suas opiniões para não ficar remoendo possíveis arrependimentos. Ao mesmo tempo, tenha empatia e respeite os demais ao apresentar seus pontos de vista. A saída é tentar manter o equilíbrio em qualquer situação vivenciada.
Buscar autoconhecimento
Uma estratégia eficaz para começar a melhorar suas reações diante de diversos cenários é desenvolver o autoconhecimento. A prática consiste em avaliar o próprio perfil, identificando crenças, valores, padrões de pensamento e outras características que o compõem, procurando melhorar suas ações diariamente.
Pensar antes de agir
Você também deve tirar melhor proveito do instante que antecede uma tomada de decisão. Em vez de responder a cada estímulo de forma repentina, faça o esforço de parar, respirar e refletir sobre a situação. Assim, terá tempo suficiente para elaborar um retorno adequado.
Identificar suas fraquezas
O autoconhecimento também contribui para a compreensão dos seus limites e pontos fracos. Cabe a você definir se vai ignorá-los ou trabalhar a caminho da superação. Recomendamos que siga a segunda alternativa, que passa pelo processo de reconhecer e aceitar seus defeitos.
Exercitar a autoconfiança
Essa é uma das práticas mais relevantes para aprender como desenvolver controle emocional. Isso porque, muitas vezes, o descontrole no modo de agir está associado a um sentimento de inferioridade, que faz com que a pessoa se sinta menos capaz e fique sempre na defensiva.
Felizmente, é possível conquistar uma postura mais segura e evitar reações por conta de falas ou atitudes que foram levadas para o lado pessoal. Para isso, tenha consciência de seu valor, evite comparações com outras pessoas e comemore cada conquista resultante de seus esforços.
Todos nós podemos desenvolver a inteligência emocional, basta treino diário e persistência.

 

 

Luciana Maria Depieri Branco
Neurocientista
SBNeC n° 16253
www.reabilitacaomultimidia.com.br

 

Contato Ginástica para o Cérebro: Hospital São Jorge (17) 3321-5050

Compartilhe: