Ir para o conteúdo

quarta-feira, 22 de setembro de 2021

Artigos

Devido à Covid-19, Assembleia Geral da CNBB acontecerá de forma virtual

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) informou que sua Assembleia Geral acontecerá entre os dias 12 e 16 de abril, de forma virtual, devido às restrições impostas pela pandemia de Covid-19.
No ano passado, a 58ª Assembleia Geral da CNBB precisou ser adiada também devido à pandemia e acabou não acontecendo em 2020. Assim, no contexto de restrições para evitar a proliferação do coronavírus, a presidência da CNBB buscou alternativas para a realização do encontro este ano e optou por realizá-lo de forma on-line, por videoconferência.
Em reunião do Conselho Episcopal Pastoral (Consep), no último dia 24 de fevereiro, foram apresentados os temas que estarão na pauta da assembleia e os procedimentos em relação ao debate e às deliberações permitidas pela legislação canônica.
Segundo a CNBB, a comissão de canonistas estabelecida para ajudar na preparação da Assembleia analisou quais temas poderão ser debatidos e aprovados durante o encontro e indicou aos bispos de que não poderão ser feitas votações que impliquem em alteração de texto legislativo, como as modificações referentes à concessão de ministérios às mulheres, a aprovação da tradução da Terceira edição do Missal Romano, o novo estatuto da Conferência e o próprio tema central da Assembleia.
Estes assuntos serão somente debatidos para encaminhamento posterior, assinala a Conferência Episcopal.
Este ano, a Assembleia terá como tema “Casas da Palavra – Animação bíblica da vida e da pastoral nas comunidades eclesiais missionárias” e, como assinala a CNBB, será o primeiro encontro do episcopado com a presença do novo Núncio Apostólico no Brasil, Dom Giambattista Diquattro, que terá uma audiência on-line com os participantes.
Entre os demais assuntos a serem abordados estão a análise de conjuntura, o Ano Vocacional previsto para 2023, os anos temáticos de São José e Família Amoris Laetitia, convocados pelo Papa Francisco, o Colégio Pio Brasileiro, as Comissões, organismos e Regionais, a criação do Regional Leste 3, as Edições CNBB, o Fundo Nacional de Solidariedade (FNS) e a pandemia do novo coronavírus.
Os Prelados também aprovarão mensagens ao Papa Francisco, à Congregação para o Clero e ao povo brasileiro. Além disso, serão apresentados os relatórios do presidente e do econômico.

Fonte: ACI Digital | Foto: CNBB

Compartilhe: