Ir para o conteúdo

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024

Artigos

DESENVOLVIMENTO DE SOFTWARE VISA OTIMIZAR GESTÃO DE TRIPULAÇÕES EM COMPANHIAS AÉREAS BRASILEIRAS

O setor de aviação civil no Brasil tem passado por uma expansão nos últimos anos, com o aumento no número de passageiros transportados. No entanto, gerir eficientemente as tripulações das aeronaves ainda representa um desafio para as companhias aéreas brasileiras. As particularidades das leis trabalhistas locais e a complexidade das operações tornam a elaboração de escalas uma tarefa difícil.
Visando endereçar essa questão, Patrick Cuervo Rinzo, aluno de graduação em Sistemas de Informação da Faculdade Barretos está desenvolvendo um software de otimização de escala como trabalho de conclusão de curso. O programa busca atender às necessidades específicas das tripulações brasileiras, levando em conta regulamentações da ANAC e práticas de gerenciamento locais.
De acordo com o autor, o software utilizará algoritmos avançados de inteligência artificial para alocar os tripulantes nos voos. O sistema considerará restrições operacionais, requisitos regulatórios, preferências dos funcionários e critérios de segurança. O objetivo é gerar escalas mais equilibradas, reduzindo ociosidade, horas extras e aumentando a satisfação da equipe.
Além de melhorar a produtividade, o software também deve facilitar a comunicação entre os tripulantes, permitindo solicitações de folga e troca de voos de maneira transparente. A interface será projetada para ser amigável e de fácil utilização.
Patrick ainda explica que a falta de soluções customizadas para o contexto brasileiro leva muitas companhias aéreas a adotarem programas caros e pouco adaptáveis. Esta nova ferramenta almeja preencher essa lacuna com um software acessível e que atenda às particularidades locais.
Caso o projeto seja bem-sucedido, o software tem potencial para trazer ganhos de eficiência e redução de custos ao setor. A otimização do gerenciamento das tripulações poderá refletir também na pontualidade dos voos e experiência positiva dos passageiros. O aluno espera concluir o trabalho até o final de 2024 e disponibilizar uma solução de valor para as companhias aéreas brasileiras.

 

 

Patrick Cuervo Rinzo,
Bruno Ono de Moraes e
Maria Ludovina Ap. Quintans
Curso de Sistemas de Informação
da Faculdade Barretos

Compartilhe: