Ir para o conteúdo

sexta-feira, 31 de março de 2017

Artigos

Desenvolva uma estratégia para sua vida

Uma regra de sucesso na vida e nos negócios é cultivar determinação. Mas é preciso desenvolver uma estratégia e definir as táticas que podem torná-la bem-sucedida. A estratégia é o plano de longo prazo que vai nos ajudar a alcançar um grande objetivo. As táticas são as ações concretas que englobam os detalhes de como as coisas deverão ser conduzidas.
É importante criar uma visão geral da vida, descobrindo qual é o grande sonho que queremos realizar e definindo o que gostaríamos de já ter alcançado aos 20 anos, aos 30, 40, 50, 60 ou até mesmo depois dos 70 anos. Uma vez definida, a estratégia não deve ser alterada por motivos banais. São metas de carreira acadêmica, profissional e para a vida pessoal. Há ainda a questão: casar ou não? Se a resposta for sim, surge outra questão na sequência: ter ou não ter filhos? Quantos? Não se trata de responder intuitivamente. É preciso ter em mente os recursos necessários para formar uma família e criar filhos. Trata-se de um projeto de longo prazo.
Você será grato a si mesmo no futuro se definir agora o caminho que quer seguir. Onde deseja estar nas décadas que tem pela frente? O pensamento estratégico é uma parte importante da vida e deve basear-se na primeira regra do sucesso: ter determinação e aspirações nobres. Definido o plano de vida, comece a trabalhar nas táticas. Estas podem mudar, mas desde que contribuam sempre para a concretização de sua estratégia. Não se abale por motivos fúteis. Nossa vida é uma cadeia formada pelos muitos “sim” e “não” que devemos dizer ao longo do caminho. E irá se encaminhar de acordo com nossa capacidade de tomar as decisões certas.
 
As reflexões desta coluna são extraídas de “As Leis da Invencibilidade”, do autor e líder espiritual japonês Ryuho Okawa (IRH Press do Brasil). O livro é uma discussão concreta sobre princípios básicos do sucesso na vida, as estratégias vencedoras dos líderes, os métodos para ser bem-sucedido na administração dos negócios e para sobreviver à recessão. Seus mais de 2.100 livros publicados, traduzidos para 28 idiomas, já venderam mais de 100 milhões de exemplares no mundo todo.

Compartilhe: