Ir para o conteúdo

quinta-feira, 30 de maio de 2024

Artigos

Da esterilidade à graça

Conhecemos muito pouco da história de São Joaquim e Santa Ana, santos que a tradição da Igreja afirma serem os pais e educadores da Virgem Maria, Mãe do Salvador Jesus Cristo.
Conta-se que os dois eram estéreis e pela graça de Deus puderem assim conceber a uma filha, que seria posteriormente a mãe de Cristo. Percebemos com isso que o projeto de Deus está sempre permeado pela graça que brota desse mesmo Deus.
Da esterilidade desse casal nasceu aquela que é para nós cristãos modelo de vida, de Igreja, que foi a primeira discípula do Senhor. Celebrar esses tão importantes santos é também compreender que Deus sempre está junto de cada um de nós, e por mais que as situações possam parecer impossíveis, Deus sempre está presente.
Uma prece especial é elevada também a todos os avôs e avós, pessoas especiais na vida de quem teve e tem oportunidade de conhecê-los. Que Santa Ana e São Joaquim possam cada vez mais abençoar nossos tão queridos avós, dando-lhes saúde e paz.
E para aqueles que já estão com Deus, que possam gozar sempre da vida eterna que vem do Criador.
Pedro Henrique Lopes
Seminarista

Compartilhe: