Ir para o conteúdo

quinta-feira, 06 de fevereiro de 2014

Artigos

Coração blindado: Como conviver com pessoas desmotivadas e desinteressadas

Pode ser que aconteça todos os dias: Você chega ao trabalho com uma boa disposição, planejando seu dia, mapeando as metas que pretende alcançar, pensando no que pode fazer para melhorar os resultados da sua área… Mas de repente eis que surge aquela pessoa capaz de desmotivar qualquer um! Seus passos parecem pesados e ela traz consigo um clima ruim – é a pessoa que anda com uma nuvem negra sobre a cabeça. Tudo está lindo, ensolarado e florido, mas quando ela chega o tempo fecha e é fácil acreditar que a qualquer momento uma tempestade vai desabar.
Essa pessoa pode ter um cargo de liderança – o gestor ou gerente de uma área, por exemplo – mas também pode estar em qualquer outro departamento da empresa, pode ser um colega de mesmo nível hierárquico ou até mesmo o estagiário. Então, só de olhar pra alguém assim, você perde a vontade de fazer tudo e não vê a hora de ir para casa. Se essa pessoa for seu superior imediato então, aí que o “caldo azeda” mesmo. Por ela você não é capaz de mover nem uma palha por vontade própria.
Bem, nestes casos, já que não é possível mudar a pessoa, você vai ter que escolher entre se entregar ao desânimo ou ir em busca do “coração blindado”, aquele que jamais permite que seu futuro seja colocado em risco por causa de pessoas que escolheram ficar de mal com a vida. Em outras palavras, ter o coração blindado significa não permitir que seu padrão motivacional seja rebaixado só porque a outra pessoa não quer elevar o dela. 
Mas como “blindar o coração”? Aqui vão algumas dicas práticas:
1) Saiba que você é você e as outras pessoas são as outras pessoas.
Quando você entrega para os outros o poder de te desmotivar está entregando também o seu futuro, pois o que você fizer (ou deixar de fazer) hoje vai ter um grande impacto nas oportunidades que aparecerão amanhã. Portanto, faça o seu melhor, ainda que ao seu lado as pessoas não estejam fazendo o mesmo. Acredite: vida tem maneiras surpreendentes de reconhecer e recompensar seu esforço ao longo do tempo!
2) Filtre as informações.
Pessoas desmotivadas misturam propositalmente informações que você precisa com outras que só te colocarão para baixo. Ative o filtro da sua mente, aproveitando o que interessa e desprezando aquilo que tem como objetivo te desmotivar. Ignore informações negativas em seu coração e aproveite sua vontade de crescer.
3) Não insista demasiadamente em tentar mudar os outros. 
Você pode até aconselhar, dar dicas e toques e tentar ajudar quem vive “pra baixo”, mas a verdadeira mudança só acontece quando cada um percebe no seu íntimo a necessidade de mudança. Enquanto isso não acontece com quem precisa, concentre-se em você – a única pessoa capaz de contribuir diariamente para o seu sucesso.
4) Mostre resultados e expresse sua motivação. 
As pessoas desmotivadas tendem a se afastar de quem contraria aquilo em que elas mais acreditam: que tudo vai dar errado. Se você se mostrar motivado e entregar excelentes resultados, os “nuvens negra” vão se afastar pelo simples fato de você ser a prova de que são eles estão errados.
Por fim, lembre-se que por mais escuro que esteja o céu, sempre há o sol brilhando atrás das nuvens. Portanto, blinde o seu coração, transforme-o em um sol radiante de energia e positivismo! Com o tempo, você nem perceberá que existe tempestade ao seu redor.
 
Maurício Louzada
Professor e Palestrante 

Compartilhe: