sexta-feira, 23 de outubro de 2020

Artigos

Construtores da paz

O ano mal começou e tivemos episódios que mais uma vez faz ressoar o medo de eclodir guerra e, consequentemente, mais violência. Porém, isto no cenário internacional. Mas, dentro de nossa cidade há também vários episódios que nos fazem receosos quanto a termos dias de plena paz. E ai, vem àquela pergunta: o que podemos fazer para construir a paz?
Santa Teresa de Calcutá nos diria: “Quer a paz? Vá pra casa e ame sua família!”. Ao que parece este ainda é o melhor conselho. Quando vemos a realidade sociocultural dos locais violentos e das pessoas que promovem a violência, principalmente a violência urbana, não raramente vemos a família esfacelada. Assistimos a uma série de ataques contra a família. Em nome do amor querem até mesmo apresentar a família tradicional como opressora e negadora de direitos.
Ou nós restauramos nossas famílias ou o sonho da paz será cada vez mais distante. As pessoas têm desistido de suas famílias com muita facilidade, trocado um lar por momentos fúteis de prazer e falsa liberdade. O problema é que tudo aquilo que se planta uma hora se colhe, e nem sempre suportamos o peso da colheita.
Portanto, neste primeiro artigo de 2020, gostaria de pedir para que olhássemos com mais carinho para nossa família. Não basta estarem todos debaixo do mesmo teto, é preciso que os corações estejam juntos, que os sonhos sejam partilhados e que a família volte a ser escola de amor, perdão, tolerância, respeito e fé. Se colocarmos Deus e a família como meta de vida, tenho certeza que 2020 será inesquecível.
Aproveito a ocasião e deixo um grande abraço de ano novo a todos. Estamos apenas começando, podemos fazer muita coisa ser diferente. Uma feliz e santa semana. Deus abençoe!

Padre Thiago Freitas dos Reis
Pároco da Paróquia Bom Jesus

Compartilhe: