Ir para o conteúdo

segunda-feira, 24 de junho de 2024

Artigos

Conselho Permanente da CNBB aprova atualização do Diretório de Comunicação

Foi aprovada, por unanimidade, a atualização do Diretório de Comunicação da Igreja no Brasil, o Documento 99 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).
O Conselho Permanente da CNBB decidiu positivamente em relação ao processo realizado pela Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação e o Grupo de Reflexão em Comunicação (Grecom).
Aprovado em 2014, o Diretório de Comunicação é o principal documento de comunicação publicado pela Igreja no Brasil e norteia o seu pensamento sobre o campo comunicacional. Conforme o próprio texto, tem “o objetivo motivá-la a atualizar e aprofundar os conhecimentos e referências, tanto de seus pastores quanto de seus fiéis, sobre a natureza e a importância da comunicação para a vida da comunidade eclesial, nos processos de evangelização e no diálogo com a sociedade, tendo presentes as mudanças pelas quais o mundo vem passando, entre as quais encontra-se o avanço acelerado das tecnologias” (DCIB, n. 3).
O processo de atualização foi iniciado em dezembro de 2021, durante reunião ordinária do Grecom, considerando a necessidade de incorporar novas reflexões surgidas desde a sua publicação. Na ocasião, os membros do Grecom tiveram a oportunidade de se dividir em subgrupos para que possam começar a revisão, cada um, de um capítulo específico.
Na primeira reunião de 2022, os membros trouxeram se alternaram na leitura e revisão de cada um dos capítulos do subsídio, dando suas contribuições a respeito do que deverá ser acrescentado ou modificado no Diretório, a fim de torná-lo mais atual. Foram feitas as devidas considerações sobre o volume de atualizações para que o Diretório permanecesse com o seu cerne.
Entre os meses de abril e outubro de 2022, foi feita a partir do envio das alterações prévias para todos os membros e um rico processo de discussão durante as reuniões mensais. Em todos os encontros foi feita a avaliação pontual das correções, com as possibilidades de aprovação, desaprovação ou indicação de emendas.
Fonte: Pascom Brasil

 

www.diocesedebarretos.com.br / comunicacao@diocesedebarretos.com.br

Compartilhe: