terça-feira, 27 de outubro de 2020

Artigos

Conselho Diocesano de Pastoral tem a primeira reunião ordinária de 2020

O Conselho Diocesano de Pastoral se reuniu pela primeira vez neste ano no último sábado (14), na Cúria Diocesana de Barretos, para tratar de assuntos pertinentes à caminhada pastoral diocesana desenvolvida em 2019 e apresentação das propostas para o Tríduo Jubilar em preparação às comemorações dos 50 anos de criação da Diocese de Barretos, e conhecimento da Comissão Diocesana para Tutela de Menores e Vulneráveis que será divulgada a toda a diocese na sexta-feira.
O encontro contou com a participação de padres, religiosas, seminaristas, coordenadores e assessores diocesanos de organismos pastorais diocesanos e representantes das paróquias e quase paróquia que compõem o conselho.
Segundo o padre Thiago Reis – coordenador diocesano de pastoral, a obra de evangelização não depende apenas do clero, mas também dos leigos. “Cada vez mais vocês leigos são protagonistas desse processo nas comunidades. (…) A participação de vocês nesse processo de evangelização é fundamental! Vocês fazem acontecer o Reino (de Deus) de forma toda especial. Por isso a importância do Conselho Diocesano de Pastoral (…)”, expressou.
Dom Milton também fez uma explanação sobre a Sinodalidade que é sinônimo de comunhão e participação, onde todos são chamados pelo testemunho evangelizador e pelo serviço gratuito e generoso em favor dos irmãos e irmãs; é a resposta da Igreja aos desafios que surgem à sua missão.
O bispo diocesano mostrou ainda a explicação do Cônego Celso Pedro que diz que a sinodalidade, nesse contexto eclesiológico, mostra o específico modo de viver e de agir (modus vivendi et operandi) da Igreja Povo de Deus. “Assim, manifesta e realiza concretamente seu ser comunhão ao caminhar em união ao reunir-se em assembleia e ao contar com a participação ativa de todos os seus membros na missão evangelizadora”, diz o Cônego.

www.diocesedebarretos.com.br / [email protected]

Compartilhe: