Ir para o conteúdo

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2024

Artigos

Como o exercício ajuda no controle da diabetes?

Olá!
A diabetes é uma epidemia silenciosa, mas crescente. Estima-se que 16 milhões de adultos vivam com diabetes no Brasil e cerca de 25% não sabem que têm. Além disso, mais de 40 milhões de pessoas tem pré-diabetes, uma condição que abre caminho para o diabetes.
O diabetes é um distúrbio metabólico. Tudo se resume a insulina. Sem acesso à insulina, a glicose não consegue entrar nas células e acaba permanecendo na corrente sanguínea e se acumula (o diabetes tipo 2 ocorre por uma resistência dos tecidos a insulina enquanto o tipo 1 é uma deficiência da produção de insulina pelo pâncreas). Todo esse excesso de açúcar no sangue é então convertido em triglicerídeo e armazenado como gordura – subcutânea (fica embaixo da pele e é visível) e visceral (intra-abdominal, muitas vezes não visivel).
Para funcionar de forma adequada, nosso corpo precisa de equilíbrio entre massa magra (músculo) e massa gorda (gordura). A maioria das pessoas pensa que o objetivo para indivíduos com excesso de peso deve ser apenas perder peso. Mas essa mentalidade ignora um quadro maior e mais importante. Individuos com obesidade devem se concentrar em melhorar a composição corporal, reduzindo a massa gorda enquanto mantem ou aumentam a massa magra.
Infelizmente, o diabetes não é apenas mais comum em pessoas com menos músculo, mas pode ter efeito negativos nos músculos existentes. O diabetes afeta 3 características musculares: fagida (leva mais tempo para se recuperar), força (perde mais rápido que uma pessoa saudável) e massa (quanto mais tempo você tem diabetes, mais massa muscular tende a perder, especialmente nas pernas).
Os músculos adoram a glicose e precisam dela para ter a energia de que precisam para um bom desempenho. Ter uma proporção maior de massa muscular está associado a uma menor resistência à insulina e a uma melhor sensibilidade. Não importa se você está levantando pesos pesados ou leves – seus músculos ainda assim irão absorver a glicose de seu sangue, ajudando a controlar ou a prevenir o diabetes. Já a caminhada pode reduzir os níveis de açúcar em 8 a 12 semanas.
Portanto, a mistura de treino cardiovascular (como a caminhada) e de força (como a musculação) ajuda a diminuir os níveis de gordura visceral enquanto constrói e protege seus músculos.
Um ótimo domingo e até o próximo!

 

 

 

Daniele Rezek
Cardiologista
CRM 145.887
RQE 64.850

Compartilhe: