Ir para o conteúdo

sexta-feira, 27 de maio de 2022

Artigos

Como a alimentação influencia na nossa saúde?

Olá!
“Que seu remédio seja seu alimento e que seu alimento seja seu remédio”. Esta frase foi dita por Hipócrates há mais de 200 anos e cada vez mais a ciência comprova a relação estreita entre o hábito alimentar e a diminuição do risco de doenças crônicas e também da sua importância no tratamento destas enfermidades. Mas como a alimentação influencia na nossa saúde? Vamos entender um pouco em cada nível:
• Saúde física: Alimentos saudáveis fornecem às células do corpo os nutrientes de que precisam para desempenhar suas funções corretamente. Sem os alimentos nutritivos, os processos metabólicos reduzem drasticamente e sua saúde física pode ficar comprometida.
• Saúde mental: A falta de certas vitaminas e minerais como vitamina B12, cálcio e ferro está relacionada a sintomas de depressão. De acordo com um estudo da Mayo Clinic, escolhas alimentares pouco saudáveis aumentam o risco de desenvolver doenças como o Alzheimer mais tarde na vida.
• Saúde cardiovascular: Uma dieta rica em grãos, aves, peixes e nozes com limitação de gorduras, doces e bebidas açucaradas reduz o risco de desenvolver hipertensão. A ingestão de sódio é um fator contribuinte primários nas doenças cardíacas – vale lembrar que muitos alimentos processados têm altos níveis de sódio.
• Prevenção de doenças: Estudos mostram que uma alimentação balanceada pode até reduzir o risco de desenvolvimento de câncer. As diretrizes da American Cancer Society recomendam uma dieta balanceada com ênfase em fontes vegetais. Da mesma forma, a University Medical Center sugere que a dieta tem têm um papel importante na prevenção do Alzheimer. Diabetes e obesidade são outras doenças crônicas que podem ser prevenidas.
Malefícios de uma alimentação não saudável:
Obesidade: como você deve queimar mais calorias do que consome (balanço energético), uma dieta hipercalórica com inatividade física provavelmente resultará em ganho de peso excessivo. Alimentos que contêm grandes quantidades de gordura trans, gordura saturada e açúcar contribuem para aumentar o risco de obesidade.
• Desenvolvimento de doenças: diabetes, pressão alta, colesterol alto entre outras doenças podem ser provenientes de uma má alimentação e do estilo de vida errado.
Como anda a sua alimentação?
Um ótimo domingo e até o próximo!

 

Daniele Rezek
Cardiologista
CRM 145.887
RQE 64.850

Compartilhe: