Ir para o conteúdo

segunda-feira, 25 de outubro de 2021

Artigos

Comemorar o Dia das Crianças

No próximo dia 12 de outubro as crianças comemoram o seu dia, no segundo ano da pandemia. Ainda estamos em meio a todos os desafios e certamente as crianças sofrem com tudo isso. Daí que precisam da nossa atenção, buscando meios de dar-lhes suporte. As atividades à distância continuam fazendo parte da rotina de muitas delas, pois nem todas as escolas retomaram as aulas totalmente presenciais. O importante é propiciar momentos que permitam a interação das crianças com familiares e amigos, pois a sociabilidade faz parte do processo educativo. Nesse sentido, é importante que as escolas que já estão funcionando presencialmente possam realizar atividades comemorativas do dia das crianças, buscando esta interação, pois assim contribuem para o aprendizado. A educação visa não apenas a aquisição de informações, mas o amadurecimento integral da pessoa, especialmente no seu convívio social, preparando-se cada um para lidar com os desafios da vida. Por isso, é fundamental que haja a sociabilidade.
Mesmo com as restrições decorrentes da pandemia, é possível pais e professores se empenharem por criar possibilidades que permitam a interação entre as crianças, para que elas aprendam desde cedo os valores humanos essenciais, especialmente o da solidariedade. As brincadeiras devem sugerir o desenvolvimento das suas capacidades, para fazer o lema “educar brincando” se tornar uma metodologia a mais no processo ensino-aprendizagem, que produza bons resultados. Para isso, a utilização da internet e das tecnologias podem favorecer também as atividades educativas. O importante é que pais e professores compreendam que a internet não deve substituir o relacionamento humano, mas auxiliar na interação entre as pessoas. Sendo assim, as crianças podem aprender muito com o acesso à internet, quando devidamente orientadas para fazer bom uso das ferramentas existentes. É possível também brincadeiras em grupo à distância, com jogos e atividades interativos entre colegas, com criatividade. Os pais também podem participar do processo, juntamente com os professores. O importante é que sejam avisados antecipadamente e haja planejamento. A escola desempenha um papel relevante no fortalecimento dos vínculos familiares, para consolidar um melhor aprendizado. Há muitos jogos interativos que podem ser sugeridos para o Dia das Crianças. E mais ainda, o tradicional costume de contar histórias, com partilha também de estórias infantis conhecidas, como também histórias a partir da realidade vivida por cada um.
O Dia das Crianças deve ser uma oportunidade de presentear. Uma pesquisa constatou que “quem presenteia vai escolher algo com significado e sentimento”, conforme relata Ana Paula Cardoso, destacando que “não é de hoje que o consumidor tem colocado o lado emocional nas escolhas e exige o mesmo das marcas. Ele quer ser emocionado em propagandas e, acima de tudo, nas suas experiências de compra. Embora entre quem respondeu que não vai presentear, 47% consideram a data meramente comercial, outras tentam fazer do Dia das Crianças um resgate familiar. Nesse sentido, entre os consumidores que pretendem comprar presentes este ano, ao responderem sobre o que o Dia das Crianças representa para elas, 69% indicam ser um resgate da infância e motivo para reunir a família e as crianças. Ou seja, a necessidade de passar bons momentos em família e reviver lembranças inesquecíveis da infância está sendo valorizada e trazida à tona. E para apenas 23% representa uma data comercial”. E acrescenta: “Na pesquisa, que teve resposta de quase 10 mil consumidores, 76,2% afirmaram que vão comprar brinquedos e roupas. Mas com critérios diferentes: 28,8% deles, apontaram que o presente precisa ter um significado sentimental. Na sequência, 27,2% levaram em consideração que precisa ser educativo.
Da mesma forma, um outro dado se destaca e vem ao encontro do valor emocional da escolha. Presentear com passeio, como uma ida ao zoológico, parques ou cinema, foi a opção de 5,4% das pessoas”. Isso quer dizer que as pessoas estão valorizando a interação pessoal, os passeios e o convívio em família. Tudo isso mostra a importância de pais e professores comemorarem o Dia das Crianças.

Valmor Bolan é Doutor em Sociologia. Professor da Unisa. Ex-reitor e Dirigente (hoje membro honorário) do Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras.

Compartilhe: