Ir para o conteúdo

segunda-feira, 24 de junho de 2024

Artigos

CNBB apresenta tradução do Missal Romano à Santa Sé

Após 19 anos de trabalho da Comissão Episcopal para os Textos Litúrgicos (CETEL), a revisão da tradução brasileira da 3ª Edição Típica do Missal Romano será apresentada hoje à Santa Sé. O bispo de Paranaguá (PR) e presidente da Comissão, Dom Edmar Peron, e o assessor, padre Leonardo Pinheiro, apresentam o material aprovado na etapa presencial da 59ª Assembleia Geral da CNBB, em agosto, para o Dicastério para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos. Na oportunidade, também será entregue a tradução do Ritual de Instituição de Catequistas.
Foram levadas para apreciação duas versões impressas dos dois documentos, além das versões digitais. Junto com o missal há ainda um documento no qual estão as explicações do processo de revisão da tradução da terceira edição típica do Missal Romano. A produção é fruto do trabalho da Comissão para os Textos Litúrgicos (Cetel), da Comissão para a Liturgia e da Edições CNBB.
Antes de chegar à Santa Sé, o material diagramado pela Edições CNBB foi apresentado para o secretário-geral da CNBB, Dom Joel Portella Amado, e o subsecretário-adjunto geral, padre Patriky Samuel Batista. No último dia 5 de dezembro, Dom Joel pôde conferir como a nova edição do Missal Romano está organizada e outros detalhes da diagramação.
Com a apresentação da tradução ao Dicastério para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, o passo seguinte é aguardar o posicionamento do organismo da cúria romana, segundo padre Leonardo Pinheiro.
Ele explicou que as aprovações podem ocorrer em dois modos: confirmatio ou recognitio. A primeira refere-se à confirmação da tradução do material a partir do texto original em latim oferecido pela Santa Sé. Já o segundo modo de aprovação é o reconhecimento do que foi inserido pela Conferência, como algumas “riquezas da Igreja no Brasil” que foram colhidas pelo episcopado para compor a nova edição. Tais inserções estão sinalizadas no documento.
Fonte: Vatican News

Compartilhe: