Ir para o conteúdo

sexta-feira, 14 de junho de 2024

Artigos

Celebração do Imaculado Coração de Maria

Nossa Senhora primeiramente gerou Jesus Cristo no coração e, depois, no seu ventre. Diante do pedido de Deus para ser a mãe de seu Filho, ela respondeu ao anjo Gabriel: “Eis aqui a serva do Senhor! Faça-se em mim segundo a tua palavra” (Lc 1,38). Pela ação do Espírito Santo, concebeu em seu ventre Jesus Cristo. Daquele momento em diante, todas as gerações passaram a chamá-la de bem-aventurada, ou seja, feliz (Lc 1,48).

Maria, então, por especial graça de Deus – ela, que tem a plenitude da graça – foi preservada do pecado e viveu totalmente para Deus e para os irmãos. É isso que simboliza o seu Imaculado Coração, que celebramos hoje, um dia depois da solenidade do Sagrado Coração de seu Filho, que ela formou em seu seio.

Assim, uma das características marcantes de nossa mãe santíssima é a virtude da Obediência. Na Bíblia, “obedecer a Deus” tem um sentido positivo. Significa aceitar, acolher o seu amor, andar nos seus caminhos não como um escravo ou marionete nas mãos d´Ele, mas correspondendo a tão infinito amor que tem por nós. Maria sempre agiu dessa forma, entregando-se ao seu divino filho a partir de seu Sim.

Hoje ela se encontra na glória celestial. Que nos ajude a discernir a vontade de Deus, especialmente nas situações novas, nas inesperadas, e naquelas que nos deixam em dúvidas. Que sua obediência nos faça viver na escuta ativa dos apelos e das oportunidades que Deus nos oferece.

Compartilhe: