Ir para o conteúdo

quinta-feira, 30 de maio de 2024

Artigos

Católicos e muçulmanos celebram hoje os 800 anos do encontro de São Francisco de Assis e o Sultão al-Malik al-Kamil

Católicos e muçulmanos se encontram hoje para fazer memória aos 800 anos do encontro entre São Francisco de Assis e o Sultão al-Malik al-Kamil Muhammad Ibn Adil do Egito. O evento marcará o diálogo inter-religioso entre as duas religiões em Barretos.
Às 12h30, os católicos terão um momento intridutório na Capela do Educandário Sagrados Corações contextualziando a comemoração desses 800 anos e, em seguida,s e dirigirão para a Mesquita onde será acolhidos pelos muçulmanos, da mesma forma como aconteceu no passado.
Na Mesquita também haverá também uma contextualização referente ao encontro e depois, juntos, católicos e muçulmano irão até a praça em frente à escola Coronal Almeida Pinto onde farão alguns gestos simbólicos para que marque esse encontro.
O encontro entre São Francisco e o Sultão al-Malik al-Kamil aconteceu no ano de 1219, quando acontecia a Quinta Cruzada. Cruzada é o nome dado ao movimento militar cristão que partia da Europa Ocidental em direção à Terra Santa e à cidade de Jerusalém com o objetivo de conquistá-las, ocupá-las e mantê-las sob o domínio cristão. A Quinta Cruzada tinha o objetivo de conquistar o Egito, considerado essencial para a conquista de Jerusalém, tendo em vista que os muçulmanos controlavam esse território.
Apesar dos abismos culturais, religiosos e sociais que separavam ambos os lados, algo transcendental unia os corações de São Francisco e do Sultão, que se tornaram amigos: o desejo pela paz.
A Quinta Cruzada foi concluída após a estadia de uns dias de São Francisco no acampamento muçulmano. O Sultão conseguiu encerrar o conflito derrotando os cruzados católicos e ainda enviou pães e aveia para os soldados cristãos derrotados e seus cavalos.

Compartilhe: