quarta-feira, 21 de outubro de 2020

Artigos

Brasil terá nova beata em 2020

O Vaticano anunciou a data oficial da beatificação da mártir brasileira Benigna Cardoso. Será no dia 21 de outubro deste ano. A informação foi confirmada pela Diocese do Crato, no Ceará.
De acordo com a diocese, a Missa de Beatificação acontecerá na Sé Catedral de Nossa Senhora da Penha, em Crato, e contará com a presença do Cardeal Angelo Becciu, Prefeito da Congregação para as Causas dos Santos, representante do Papa Francisco.
Em outubro de 2019, o Papa Francisco autorizou a beatificação de Benigna Cardoso da Silva, que morreu aos 13 anos de idade e ficou conhecida como “heroína da castidade”.
Benigna Cardoso da Silva nasceu em 15 de outubro de 1928, em Santana do Cariri (CE). Em 24 de outubro de 1941, aos 13 anos, foi assassinada, após se recusar a ter relações sexuais com um adolescente.
A menina saiu de casa para buscar água bem perto da residência, como costumava fazer. Porém, foi abordada por Raul Alves, que a golpeou com um facão depois que ela resistiu a suas tentativas de ter relação sexual.
Na época do assassinato o padre Cristiano Coelho Rodrigues, que fora mentor espiritual da jovem, escreveu a seguinte nota ao lado do registro de batismo de Benigna: “Morreu martirizada, às 4 horas da tarde, no dia 24 de outubro de 1941, no sitio Oiti. Heroína da Castidade, que sua santa alma converta a freguesia e sirva de proteção às crianças e às famílias da paróquia. São os votos que faço à nossa santinha”.
Desde então, vem aumentando a devoção à menina. Em 2004, teve início a Romaria da Menina Benigna, que acontece de 15 a 24 de outubro e entrou para o calendário oficial do Estado do Ceará em junho de 2019.
Com informações de ACI Digital e Diocese do Crato

Compartilhe: