Ir para o conteúdo

segunda-feira, 24 de junho de 2024

Artigos

Brasil se soma ao Rosário Mundial das Mulheres no dia da Imaculada Conceição

No dia 8 de dezembro, solenidade da Imaculada Conceição de Maria, mulheres em mais de 25 países vão rezar o terço em um local público. Será a primeira edição do Rosário Mundial das Mulheres. O Brasil se somou à iniciativa. A oração já está confirmada em Santa Maria (RS), mas outras cidades se preparando para participar.
Segundo a organizadora da iniciativa no Brasil, Denise Moro, o Rosário das Mulheres começou na Colômbia, depois se expandiu para o Chile e outros países. “Agora acontecerá pela primeira vez de forma mundial”, disse. Moro afirmou que se trata de “um movimento de leigas que querem agir e não ser passivas em um momento em que sentimos que o mundo passa por uma tensão e que se vivencia a perseguição à Igreja, aos seus valores”.
“Hoje, o mundo está em um momento tenso, onde a fé católica está sendo perseguida. Sabemos que os cristãos estão sendo perseguidos. Cito a Nicarágua, que é o exemplo mais atual e que todos conhecem, mas sabemos que em outros lugares também acontece, os padres estão sumindo, as pessoas estão sendo impedidas de professar sua fé, os valores cristãos não são mais respeitados… isso exige uma reação e eu acredito que esse movimento vai crescer muito”, declarou.
Denise Moro disse que durante o Rosário Mundial das Mulheres, vão rezar os mistérios gloriosos do terço “em defesa da família, da maternidade, da vida desde a concepção até a morte natural”. “Digamos que é um movimento ‘revolucionário’ da paz, porque vamos em paz rezar, dizer que acreditamos em Maria, no poder do terço, na Igreja Católica, na família, defendemos os valores cristãos e queremos ser respeitados”, afirmou.
Por isso, disse Moro, “o importante é que tenha visibilidade”. Em Santa Maria, a oração acontecerá às 18h, na igreja das Dores, “que fica próxima a um shopping da cidade”. “Estaremos rezando enquanto as pessoas entram para fazer suas compras. Assim, quem sabe elas não se sintam chamadas a vir rezar conosco?”, disse.
Para a organizadora no Brasil, como a oração acontecerá em local público, será também uma oportunidade para evangelização. “Morei em Florianópolis (SC) por um tempo e fiz parte de um movimento que fazia muitos atos públicos. É interessante ver como isso toca as pessoas, algumas que nunca ouviram falar de Deus, elas sentem algo diferente naquele canto, naquela oração e se aproximam. Aí, é o momento de evangelizar. Então, a oração do terço é também momento de evangelização, de partilharmos nossa fé, de tocarmos corações”, afirmou.
Denise Moro disse que já está em contato com mulheres de outras cidades para tentar organizar o Rosário Mundial em vários locais no país. Também incentiva que outros grupos se mobilizem para aderir à iniciativa. “Que no Brasil as pessoas possam se organizar para o dia 8. Não importa que seja um grupo pequeno de mulheres, porque é um começo. O começo de Deus pode ser pequeno, mas depois vai crescendo. E assim espero que aconteça”, disse.
Mais informações sobre o Rosário Mundial de Mulheres podem ser acessadas no Instagram oficial da iniciativa.
Fonte: ACI Digital

Compartilhe: