Ir para o conteúdo

segunda-feira, 24 de junho de 2024

Artigos

Brasil: da tristeza que impera à eclosão da esperança

Chega a ser patético o festival de mentiras, falsidades e cinismos presentes em momentos de definição do governo que terá o nosso Brasil.
Dois ambientes convivendo diuturnamente.
Um composto de cidadãos de bem, esperançosos, com manifestações ordeiras e exemplares ao mundo todo, como tem acontecido nos dias atuais.
O outro desenhado por uma indisfarçável mistura de ódio e rancor, em que semblantes não conseguem revelar descontração, nem auras e nem influxos típicos da verdade e sem a segurança da coisa bem feita.
Constrangimentos explícitos ao misturar personalidades desconectadas ao longo de tempos recentes, mas tendo, agora, que estarem juntas na busca de um propósito que vai na contra mão da história e do espírito do “brasileiro de verdade”.
O resultado disso são cenas com ausência de sinceridade, de alegria espontânea, totalmente atípicas para um povo que merecia estar feliz e ver felizes seus possíveis governantes…está sumida essa característica de nosso povo.
Armações covardes de vândalos cujos comportamentos têm uma marca com histórico conhecido, covardemente agredindo e tentando se passar por inocentes.
Aí vem o ruim da história. Que imprensa e jornalismo deteriorado, desacreditado, esvaziado em suas funções, vergonhosamente envolvidos na criação de fatos para manipulação da sagrada opinião pública, servindo como fontes de mentiras e falsidades, cujos jornalistas sequer se coram de vergonha ao dar ou comentar uma falsa notícia.
É uma expressão triste, mas não há outra para denotar o sentimento provocado pela grande maioria da mídia: verdadeiro nojo.
Não é justo nossa grande população estar sendo vendida por interesses mesquinhos por uma enorme gama de oportunistas de toda natureza. Sobrevém a isso um clima ou estado de tristeza estampada em todos os cantos da amada Pátria.
Isso não pode continuar. O carisma de uma nação e de seu povo não pode ficar sob a forja da desonestidade misturada com incompetência em que a marca evidente é da falsidade, da mentira e do cinismo indisfarçáveis.
A história da Humanidade tem exemplos antigos e recentes da desgraça que significaram tais “intentonas”. Povos vizinhos padecem muito com notícias que chegam a todo momento.
Uma solução existe, aflora, nesses últimos dias, e permeia entre nós como um facho de esperança. Deus há de fazer acontecer o que é preciso devendo os cidadãos estarem preparados para a busca da solução que, certamente, terá custos mas com o lastro da VERDADE.
O que está aí proposto seguramente já demonstrou que nos levaria ao encontro da infelicidade. Que digam as oscilações negativas das bolsas e do dólar, diante de ideias nascendo condenadas. O Brasil não merece isso.
A hora é do verde e amarelo presente nas ruas, TGs e QGs.

 

 

 

Dr Fauze José Daher
Médico Cirurgião
Advogado

Compartilhe: