Ir para o conteúdo

quarta-feira, 29 de maio de 2024

Artigos

BALANÇO DE FINAL DE ANO

Bom Dia Barretos.

Com a chegada do final de mais um ano, nada mais importante do que nos debruçarmos numa análise profunda dos fatos que se desenrolaram no ano que se finda. Poderíamos analisar os fatos nacionais, hoje discutidos em todas as rodas, mas o ambiente de polarização, que predomina na análise de tais fatos, nos leva a dizer que não.
Em nível estadual, também creio que não valeria a pena a análise, uma vez que o senhor governador só pensa em 2022. Bem, quanto ao quadro municipal, analisamos quase que semanalmente o que se passa em nossa cidade pela Rádio Jornal, daí, também acho melhor não. Creio que o mais correto e o mais conveniente para a data, é que cada um, faça seu exame de consciência, e passe sua vida a limpo.
A nossa consciência não nos engana nem toma lado, não toma partido, simplesmente, escancara nossas falhas, ao mesmo tempo em que realça nossas boas ações. Será que fomos íntegros, leais, justos, cordiais, ou prevaricamos em nossa jornada? Trabalhamos com afinco ou gazeteamos frequentemente? Ajudamos pessoas ou nos servimos delas?
Se colocarmos nos pratos da balança de um lado as nossas boas ações e do outro as ações que não deveríamos ter praticado, para que lado penderia? Aprendi com meu pai, todo final de ano fazer um balanço da vida, do trabalho e das realizações, dos tropeços e das decepções, do positivo e do negativo e então tirar as devidas conclusões, bem como traçar metas factíveis para o ano que vai começar.
Em que poderemos melhorar, do que devemos nos afastar, como poderemos servir ao próximo dentro do espírito cristão? Quais as medidas que deveremos tomar para crescermos em todos os sentidos no ano que se inicia? Temas para refletir é o que não falta, mas será que é isso que queremos? A vida terrena é muito curta frente à eternidade.
Muitas vezes, a ganância de ter mais e mais, desvia as pessoas da alegria e do prazer de servir, e quando chega a hora da partida, tudo que foi acumulado aqui permanece, servindo muitas vezes, apenas para gerar desavenças familiares, enquanto nós só levaremos conosco o bem que praticamos.
Faltam três dias para acabar o ano, tempo mais que suficiente para que façamos tal balanço, portanto, mãos a obra. Feliz 2020, meus irmãos, e que as bênçãos de Deus não lhes falte na caminhada do novo ano.

Bom Dia Barretos.

Compartilhe: