Ir para o conteúdo

quarta-feira, 22 de setembro de 2021

Artigos

Atenção ao seu coração se teve COVID-19

Olá!
Que o coronavírus pode afetar diversos sistemas do nosso corpo não é novidade e o coração não fica de fora. Sendo assim, a recuperação requer um cuidado especial com este órgão, ainda mais se você estiver pensando em se exercitar novamente.
Um estudo feito na Alemanha e publicado na revista JAMA Cardiology demonstrou como a COVID afeta o coração. A pesquisa analisou 100 pessoas com idade média de 49 anos, que se recuperaram da infecção. A maioria foi assintomática ou apresentou sintomas leves. Cerca de 2 meses após o diagnóstico, os pacientes já totalmente curados foram submetidos a exames de ressonância magnética. Durante os exames, cerca de 80% apresentavam anomalias cardíacas e 60% tinham miocardite.
O vírus pode atacar diretamente o músculo cardíaco causando uma inflamação conhecida como miocardite e entre as possíveis consequências estão arritmia e até insuficiência cardíaca. E realizar exercícios com essas condições pode provocar morte cardíaca súbita. O vírus causa também uma disfunção endotelial e aumento da atividade pró-coagulante, o que contribui para a formação de trombo. Existe a chance da evolução para um infarto do miocárdio porém com características diferentes dos que ocorrem na doença coronariana propriamente dita.
Com certeza há muito o que estudar e descobrir sobre o coronavírus, suas sequelas para o coração e demais órgãos. As pesquisas estão em andamento e provavelmente só daqui um tempo teremos mais certezas e dados concretos. Porém, todos que já tiveram COVID-19 e se recuperaram, se sentirem falta de ar, palpitações, dor torácica ou desmaios devem procurar avaliação cardiológica. É importante estar ligado aos sinais do corpo e manter a rotina diária de atenção e dedicação à saúde.
Um ótimo domingo e até o próximo!

Daniele Rezek
Cardiologista
CRM 145.887 | RQE 64.850

os acompanhe nas redes sociais: @dra.danielerezek e Dra. Daniele Rezek

Dúvidas e sugestões, nos envie um e-mail: [email protected]

Compartilhe: