Ir para o conteúdo

terça-feira, 16 de abril de 2024

Artigos

Associação entre excesso de tempo sedentário e AVC

Olá!
Se você trabalha sentado por muito tempo e não é fisicamente ativo, é hora de prestar mais atenção na sua saúde. Um estudo publicado na revista Stroke, acompanhou 143 mil adultos do Canadá, com 40 anos ou mais e sem histórico de derrame por 9 anos e avaliaram a relação do sedentarismo com a ocorrência de AVC (acidente vascular cerebral ou popularmente conhecido como derrame). A pesquisa mostra que pessoas com menos de 60 anos e nestas condições são sete vezes mais propensas a sofrer um derrame de quem passa menos de 4 horas sem se mover e que pratica pelo menos, 10 minutos de atividade física diária.
O tempo sedentário prejudica a glicose, o metabolismo lipídico e o fluxo de sangue, além de aumentar a inflamação no corpo. Com o tempo, essas mudanças podem provocar efeitos adversos nos vasos sanguíneos e aumentar o risco de derrame e infartos.
Para reduzir os riscos, pessoas que passam mais de oito horas sentadas trabalhando ou estudando precisam ajustar o tempo com a prática de atividade física. O ideal seria 150 minutos semanais de exercícios moderados a intensos, em períodos de mais de 10 minutos por vez. Além disso, é preciso considerar mudanças na qualidade de vida, uma vez que estudos anteriores já mostraram relação de derrames com o consumo de bebidas alcoólicas, por exemplo. Junto da atividade física, a alimentação constitui o pilar fundamental de uma vida saudável.
E como anda a sua rotina? Quantas horas passa sentado no dia? Tem dedicado tempo a sua saúde? Seus hábitos serão sua principal prevenção. Pense nisso!
Um ótimo domingo e até o próximo!

 

 

Daniele Rezek
Cardiologista
CRM 145.887 | RQE 64.850

Compartilhe: