Ir para o conteúdo

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2024

Artigos

Assembleia Diocesana dia 1º de Maio celebra também o Jubileu do Cinquentenário

Toda a diocese de Barretos está vivendo com justificada alegria a sua caminhada de fé e esperança nestes 50 anos de sua criação. O ponto alto de sua celebração vai acontecer na solenidade de Pentecostes, dia 28 de maio, agendada para se iniciar com a Santa Missa a partir das 17 horas na Igreja de São Benedito, em Barretos.
Antes, porém, ou mais precisamente no feriado de 1º de maio próximo, todas as lideranças diocesanas vão participar da Assembleia que vem sendo preparada há meses pelo Secretariado de Pastoral, com o bispo Dom Milton e sob a coordenação do padre Thiago Reis, que assim se expressa sobre suas expectativas para este importante momento:
“A expectativa de todo o clero e do povo de Deus é justamente celebrar os 50 anos de evangelização. A nossa assembleia, apesar de toda a força que ela tem, também terá esse caráter celebrativo, onde todos, o bispo e as lideranças em geral, vão render graças pelos 50 anos que a evangelização vem sendo feita de forma organizada na Igreja Particular. É uma data memorável e fazemos memória de tantas obras de evangelização que foram feitas ao longo de todo esse tempo. Então a expectativa é de celebrarmos e recordarmos todos os feitos dessa caminhada”.
Para essa assembleia, Dom Milton já está convocando todo o clero que tem funções pastorais na Diocese, os seminaristas, três representantes de cada Paróquia, coordenadores de Movimentos e Pastorais, inclusive a coordenação diocesana da CRB – Conferência dos Religiosos do Brasil.
Também será nessa Assembleia que serão apresentadas, votadas e eleitas algumas Diretrizes de Pastorais para o biênio 2024-2025. As propostas já estão elaboradas, fruto de diversos encontros que foram realizados há vários meses, em todas as paróquias e regiões da diocese. “Os desafios existem”, comenta o coordenador de Pastoral Pe. Thiago Reis, “mas as luzes do Espírito Santo certamente farão com que a Assembleia escolha acertadamente”. E finaliza: “É impressionante como o Espírito Santo foi conduzindo este caminho, desde o início, e as conclusões dos encontros das regiões pastorais com os projetos preparados pelos padres é algo extraordinário”.

Compartilhe: