terça-feira, 27 de outubro de 2020

Artigos

As curas de Jesus trazem consigo grande ensinamento

Como todas as curas de Jesus há um complexo simbolismo e uma mensagem por detrás na cura do cego de Betsaida (Mc 8, 27-33). Jesus, quando chega a este lugar, e cura alguém que não tem nome, mas carrega consigo sua localidade – ele é de Betsaida, um local onde as pessoas ainda não enxergaram as coisas de Deus.
Para então curar o mesmo, Jesus o leva para longe e faz alguns gestos. Ao levá-lo para longe, Jesus nos indica que, às vezes, o que está em nossa volta nos faz cegos às coisas de Deus, e essas coisas escurecem nossa visão e fazem com que deixemos Deus cada vez mais distante. Com isso deixamos de amá-Lo, de segui-Lo e mais, de cumprir com seus ensinamentos.
Jesus, então, começa seu processo de cura. É um processo longo, de algumas etapas, ou seja, a cura interior e também a exterior passa por um tempo de mudança, pois infelizmente vemos muitos que prometem curas imediatas, ou ainda conversões admiráveis, mas não é assim.
Para ser curado por Deus é necessário percorrer um caminho, passo a passo, se nutrindo da Palavra de Dele, da Eucarística e dos demais outros sacramentos. Só assim não seremos católicos apenas de nome, mas o seremos de fato.
Peçamos ao Senhor que tenhamos ouvidos atentos e olhos bem abertos para a Palavra de Dele para que possamos sermos pessoas melhores.

Diácono Pedro Henrique Lopes
Paróquia São Miguel Arcanjo – Miguelópolis

Compartilhe: