Ir para o conteúdo

domingo, 26 de maio de 2024

Artigos

“As almas pedem socorro”

Por que até as almas, que deveriam estar no ‘repouso e descanso eterno’, em Barretos vivem no ‘Purgatório’ do Cemitério Municipal, já que as ‘almas santas e benditas’, não conseguem a proteção e atenção das autoridades competentes; como: a Polícia Militar, a Câmara de Vereadores e a chefe do Executivo Municipal, no sentido de coibir os abusos que estão ocorrendo naquela ‘Necrópole’, já que há vários anos, com os seus aposentos eternos, todos quebrados e danificados, pela onda de bandidagem, a qual fica impune diante deste caos.
Não somos só nos os vivos, mas também os nossos entes queridos, que sofrem com as marretadas constantes nos ‘jazigos’, onde acontecem roubos e depredação daquele ‘espaço sagrado e universal’.
Vamos agir, senhores e senhoras autoridades!!!

 

 

Mário Antonio Garzez

Compartilhe: