Ir para o conteúdo

quinta-feira, 30 de maio de 2024

Artigos

Apontar para outro estilo de vida

Muita gente acredita que o sucesso material e pessoal pode ser resultado de golpes de sorte ou provindos de herança familiar e formas de apadrinhamentos, como o famoso “jeitinho Brasileiro de ser”. Essa crença tem sim uma parte verdadeira, porém, aqueles que acham que só dependem de sorte ou apadrinhamentos quase sempre se decepcionam porque deixam de perceber um importante fator: a capacidade de se encontrar e de caminhar com as próprias pernas e como seres de liberdade seguir em frente e construir aquilo que é sua missão, e com as dificuldades se fortalecer e ajudar as pessoas, buscando desenvolver seus dons e talentos.
Deste modo, fica claro que o único golpe de sorte em que se pode confiar é justamente aquele em que a própria pessoa cria. E eles nos chegam através da perseverança, da coragem, da fé e da esperança, que são atitudes fundamentais para que as dificuldades e o cansaço em meio a busca do sucesso material, pessoal e espiritual não nos desanime fazendo-nos abandonar a caminhada. E, como consequência, ter atitudes de pessoas frustradas e incapazes de assumir seus próprios erros e buscar culpados para suas quedas.
Há uma recompensa magnífica para os que aprenderem a caminhar desenvolvendo a perseverança, resultado de um plano bem definido, que contenha ações continuadas. A recompensa será o privilégio de escrever a própria história e saber que, afinal, somos os protagonistas desta nossa história. É justamente para essa realidade que fomos criados, para produzir frutos, para contribuir com a humanidade e estar disposto a ser feliz. Entretanto, todas essas atitudes nos remetem a apontar para um outro estilo de vida. Que caminho você está percorrendo hoje?
Que, a exemplo de São Pedro e São Paulo, sejamos perseverantes em nossa missão e mesmo em meio às perseguições em tudo glorificar a Deus evangelizando por todos os lugares em que passarmos, sendo também apóstolos e continuadores da missão dada pelo próprio Cristo e confiado à Igreja. Rezemos pelo Papa Francisco e por todos os nossos pastores. Santo Antônio, rogai por nós!
Daniel Canevarollo
Seminarista

Compartilhe: