Ir para o conteúdo

sábado, 05 de julho de 2014

Artigos

AOS GRANDES CONTESTADORES

Nunca ouvi alguém contestar, dizer que não é verdade o que Jesus disse há  quase dois mil anos e, notem, nos deixou escrito eu Seu Testemunho, os Evangelhos.
Naquela época, não podendo contestá-Lo porque Sua Palavra os esmagava, os fariseus, escribas, sacerdotes, doutores da Lei, recriminavam o Mestre por curar aos sábados, assentar-se à mesa com publicanos ou tolerar a presença de pobres, prostitutas, que vinham a Seus pés, para chorar os seus pecados.
Entretanto, Jesus que lia o que se passava naqueles corações hipócritas, desmascarava-os sempre. “Não vim para os justo, nem para os sãos, que precisam de cura. Vim para os doentes e pecadores”…
A absoluta inocência, era a única coisa que distinguia Jesus dos demais homens. Jesus não tinha pecado; nem seus mais ferrenhos adversários puderam jamais, acusa-Lo de pecado!
Certo dia, Jesus lançou supremo desafio: “Quem, entre vós, poderá argüir-Me de pecado?” Escribas, fariseus e outros, puderam objetar. Mas tarde, Pilatos, depois de interrogar o Mestre por duas vezes, disse aos que pediram a Sua morte: “não encontro Nele criem alguma”… “Não acho Nele, nenhum motivo de acusação!” Porém, O mataram.
Ele nos deixou, porem, um testamento que os cristãos, “seguidores de Cristo” tem que aceitar ou engolir  “Guela abaixo” porque é a Verdade. E, se duvidarem, não poderão se dizer cristãos! Entretanto, nos dias de hoje, há muita gente contestando a fidelidade conjugal, a eternidade do matrimônio, o respeito à vida humana extra, mas, também, a intra-uterina (e matando pelo aborto, inocentes criancinhas). E se dizem cristãos e contestam a Sua Palavra, como nunca fizeram as autoridades contemporâneas de Cristo.
Retrógrado, é não perceber que a realidade hoje é outra! Não!
Retrógrado, é querer contestar Verdades de dois mil anos e não se sentir responsável pelos meninos de rua do Rio de Janeiro, São Paulo, Ribeirão Preto e Barretos! Retrógrado,  é não se sentir responsável pela prostituição de meninas do Nordeste e deste Brasil à fora!
Muita gente não contesta com palavras, o que Jesus nos deixou nos Evangelhos, mas o faz com a sua atitude de vida: abortando, divorciando-se, alegrando-se com as mortes e a perdição de inocentes!
Paremos todos… Refletimos se somos realmente coerentes, com a nossa propalada condição de CRISTÃOS!

Compartilhe: