Ir para o conteúdo

domingo, 10 de novembro de 2013

Artigos

Antifiséticos

Hoje em dia, devido à vida corrida e tumultuada da população, os horários de alimentação ficam desordenados e sem uma adequada ingestão de nutrientes e componentes essenciais para manter corretamente a nossa saúde em dia. Então, em alguns casos há formação de gases intestinais que causam nas pessoas sintomas como flatulência, uma sensação que o estomago está cheio ou estufado e até uma dor forte causada por uma distensão abdominal. Portanto, existe uma classe de medicamentos utilizados para minimizar e tratar esses sintomas, que é os “Antifiséticos”, popularmente conhecidos como “antiflatulentos ou remédios para gases”. 
No entanto, esses medicamentos entram no organismo para reduzir os gases exagerados e fazer com que esses gases sejam liberados de forma correta, impedindo o acúmulo deles novamente. Portanto, o farmacêutico deve esclarecer que os medicamentos dessa classe podem causar diarreia e dor abdominal se exceder a dose correta; que essa classe não é indicada para pacientes com dores fortes no abdômen ou suspeita de cólica grave e que se encontra no mercado esse medicamento nas formas de cápsulas e gotas.
Existem alguns alimentos que facilitam e equilibram a nossa flora intestinal, que se chamam probióticos, que são suplementos alimentares rico em micro-organismos vivos, como: leite fermentado, coalhada, iogurte, queijo e outros; e se deve evitar em porções grandes os alimentos que acumulam gases intestinais, tais como: feijão, ovos, repolho e outros, desarmonizando a digestão alimentar. Então, é benéfico se alimentar corretamente e várias vezes ao dia, para que se absorvam os nutrientes e vitaminas adequadas para a manutenção vital.
O farmacêutico é o profissional da saúde capaz que orientar a população sobre a maneira correta de ingerir os medicamentos. Qualquer dúvida procure-o.

Compartilhe: