Ir para o conteúdo

sábado, 23 de dezembro de 2017

Artigos

Aniversário sem aniversariante

Estamos nos aproximando de festa do Natal. Sabe quem faltou na festa? O aniversariante do dia! Tudo está pronto: a comida, os docinhos, o bolo, a bebida, os enfeites e a música. Os convidados chegam e, na hora de cantar os parabéns e entregar os presentes, descobrem que o aniversariante não está ali, ou melhor, nem sequer se lembram do aniversariante, situação muito estranha, pois o principal motivo da festa, o ponto central, não está presente.

Como na noite do seu nascimento, há 2 mil anos, ninguém abriu as portas e Jesus não teve onde nascer, e na ceia de Natal, que faremos na véspera do dia 24, e depois certamente nos reuniremos no dia 25, ele também não terá espaço para nascer novamente nos nossos corações e em nosso meio.

Para muitos, Jesus não existe no Natal, mas sim Papai Noel, duendes e presentes. Jesus é mero detalhe, e o Natal é um "aniversário sem aniversariante".

Porém, esse ano, nós temos mais uma vez a oportunidade de fazer o nosso Natal ser diferente, fazer com que ele seja novamente lembrado e vivido como "o dia em que nasceu o salvador do mundo". Vamos fazer com que Jesus seja lembrado no dia do seu aniversário, e deixar que Ele possa fazer parte da nossa vida. Permita-se fazer essa experiência de amor.

E aproveitando esse espírito que o natal nos traz, Jesus precisa ser celebrado todos os dias de nossas vidas. Temos que convidá-lo para nascer todos os dias em nossos corações. O verdadeiro sentido do Natal resume-se num versículo do Evangelho de João 3,16: "Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu único Filho, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna".

O Natal é a sublime e única história de que nasceu o Salvador do mundo, Cristo, o Senhor! Por isso, desejo a você e sua família um antecipado ‘Feliz Natal!’.

Carlos Moni

Seminarista

 

Compartilhe: