Ir para o conteúdo

domingo, 20 de abril de 2014

Artigos

Alteração nos hormônios é responsável pela TPM

Praticamente todo mundo já conviveu com uma mulher nos seus dias de fúria mensal. Ela pensa em arremessar sapatos, copos e tantos outros objetos e, de repente, se cansa, senta na cadeira e desaba num choro tão sem motivo quanto a vontade de jogar algo na cabeça de alguém.
Algum problema nisso? Talvez se essa mulher estiver com TPM (Tensão Pré Menstrual), não. Mesmo assim, ninguém suporta essas alterações repentinas de humor e no organismo (nem mesmo as mulheres podem acreditar). No entanto, é fato: a maioria das mulheres têm TPM e isso não é invenção ou desculpa.
A TPM é o conjunto de sintomas físicos e comportamentais que geralmente atingem as mulheres na segunda metade do ciclo menstrual. Segundo especialistas, quando pelo menos um dos sintomas é recorrente, a síndrome existente é a mais branda e pode ser controlada com mudança de hábitos alimentares e estilo de vida.
Por outro lado, se a mulher apresenta pelo menos cinco sintomas (um deles, obrigatoriamente, emocional) em sete ciclos ao longo de um ano, é caracterizada a forma mais séria do problema, conhecida como Síndrome Disfórica Pré-Menstrual. A indicação é procurar um médico para um tratamento com anticoncepcionais ou antidepressivos.

Compartilhe: