Ir para o conteúdo

sábado, 18 de maio de 2024

Artigos

A todos são oferecidos meios sagrados para chegar à Santidade

No CREDO (Creio), afirmamos resumidamente tudo aquilo que nós cremos. Ao adquirirmos vida pelo nascimento, começa para cada um de nós uma verdadeira “aventura”, a maravilhosa experiência de viver neste planeta tão carinhosamente preparado por Deus para a humanidade (Criação – dom, presente de Deus-Pai). Para nos mostrar o caminho para Ele, já que o objetivo de nossa vida é conhecê-Lo e amá-Lo, Deus nos envia seu Filho Jesus Cristo (Salvação – dom, presente de Deus Filho). Deus nos oferece todos os meios necessários para merecermos esta Salvação, e forma um Povo, o seu Povo, constituído por todos aqueles que aceitam esta Graça (estes dons) e passam a ser discípulos do Filho; a estes, é concedido o Espírito Santo = o Amor de Deus, sempre presente na Igreja – o Povo de Deus.
Mas não é só isso. Além de ganharmos a vida, ganharmos a criação, ganharmos a Salvação e ganharmos o Amor de Deus, Ele ainda oferece meios, “sinais sagrados” – Sacramentos – para utilizarmos durante a vida em nossa caminhada para a casa do Pai. Os sete Sacramentos foram instituídos por Cristo. Atingem todas as etapas e todos os momentos importantes da vida do cristão:
1) Batismo – é o início da vida nova; por ele entramos na Igreja, no Povo de Deus.
2) Eucaristia – alimenta os discípulos com o Corpo e o Sangue de Cristo, para transformá-los gradativamente em outros Cristos.
3) Confirmação – o batizado, já adulto, aceita e confirma seu Batismo. Assume conscientemente responsabilidades para com a Igreja, e passa a partilhar os dons que possui para o bem comum.
4) Penitência – oferece ao pecador, através da Igreja, a reconciliação e o perdão de Deus.
5) Ordem – homens se oferecem de um modo especial ao serviço da Igreja; este Sacramento confere a eles uma função específica, um serviço particular na Igreja, chamado de Ministério “ordenado”. Os demais fiéis têm, pelo Batismo e Confirmação, ministérios não-ordenados, e são chamados a assumi-los.
6) Matrimônio – os esposos prometem-se mutuamente amor e fidelidade por toda a vida, e gerar novos filhos e filhas para Deus.
7) Unção dos Enfermos – nos momentos difíceis da vida, caracterizados por doenças graves, os fiéis recebem este Sacramento de cura, não tanto no sentido físico, mas espiritual.

 

(Por: Diácono Lombardi)

Compartilhe: