quinta-feira, 06 de agosto de 2020

Artigos

A solução é a efusão do Espírito Santo

Pentecostes é aquele grande acontecimento que se deu lá em Jerusalém, no Cenáculo, quando o Espírito Santo desceu sobre os apóstolos e a virgem Maria, que estava com eles, e todos ficaram cheios do Espírito Santo. O único modo de viver realmente o cristianismo é viver segundo o Espírito, porque daí a pessoa tem o seu batismo, a sua primeira comunhão, sua crisma, e seu encontro pessoal com Jesus, recebendo, por fim, a efusão do Espírito Santo.
A pessoa que recebeu a efusão do Espírito Santo muda totalmente. É o que aconteceu comigo! Meu Pentecostes foi em 1971. Eu já era um bom padre, mas mudou totalmente a minha vida.
Você pode e precisa abrir-se para esta graça, busque conhecer e, onde haja pessoas como aqueles jovens na Universidade de Duquesne, Estados Unidos (início da Renovação Carismática Católica), peça a alguém para rezar com você pedindo a graça da efusão do Espírito Santo. Você verá: sua vida será totalmente transformada!
Abrir-se a esta graça é a primeira coisa, em seguida abrir-se aos dons. As pessoas, às vezes, se acham indignas, mas Deus quer que aqueles dons, carismas e prodígios que aconteceram na Igreja primitiva aconteçam nos tempos de hoje. Porque você sabe que a situação hoje é muito mais difícil. E qual é a solução para isso tudo? A solução é a efusão do Espírito Santo e os dons sendo usados. Não espalhemos coisas negativas, espalhemos o amor, as maravilhas de Deus, como é Pentecostes.

Monsenhor Jonas Abib
Fundador da Comunidade Canção Nova

Compartilhe: