Ir para o conteúdo

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Artigos

A hora do julgamento

Estamos vendo e vivendo momentos de muita inquietação. Por todo lado enfrentamos problemas que a experiência e o conhecimento do homem não podem solucionar. Vejam que coisa horrível esta acontecendo na região da Gente que até há pouco tempo era de um só país, hoje parece inimigo de séculos! As chacinas que estão ocorrendo no Rio e nas grandes capitais do Brasil: matam-se crianças, que poderiam ser nossos filhos presidiários que poderiam ser nossos irmãos de sangue as grandes quadrilhas de bandidos lutam entre si pelo poder e pelo dinheiro! O homossexualismo disseminado em todas as camadas da sociedade. O sexo prostituído. A droga rolando solta. A Aids matando conhecidos e ídolos da televisão e do esporte! E os roubos do políticos e das empreiteiras deste pobre Brasil!
Até parece que estamos na Hora do Senhor, hora de julgamentos em que Ele esta trazendo à luz, em sua infinita sabedoria, tudo o que precisa ser transformado na vida do homem; em seus relacionamentos em seu ambiente, em seu próprio confronto de Deus.
Precisamos orar como o profeta Eliseu, uns pelos outros: “Senhor, abre os nos nossos olhos para que vejamos”.
Refletindo primeiramente sobre os graves problemas que nos cercam, chegamos à conclusão de que toda esta barbaridade que está acontecendo é causada pela falta de Deus no coração dos homens, mulheres e consequentemente no das crianças, que são as maiores vitimas.
Em meio a todo esse marasmo, nós, que temos a graça de crer no Senhor Jesus, que o amamos como nosso verdadeiro Mestre e Salvador, precisamos, em Seu  nome, pedi a Deus Pai que faça as pessoas que vivem sob influencia do mal, se conscientizarem que este mar de lama e podridão em que vivem, afeta a muitos que os rodeiam, mas aniquila especialmente a eles mesmos, condenando-os ao eterno sofrimento. Pois, convenhamos o que um Ibsen Pinheiro poderá fazer a vida para se redimir do roubo que fez em tantas creches, orfanatos e educandário do Brasil todo! Só mesmo o Pai poderá lhe perdoar, mas acreditamos que um homem mal como este, nem coragem para pedir perdão ele tem!
Nesta fase difícil por que passa a humanidade, e o Brasil em particular, precisamos estar muito ligados a Jesus, pois só Ele é a nossa segurança. Ele, que deu Sua vida por nós, que coloca Sua Vida em nós, que coloca água viva onde parecemos ressecados, que nos consola quando somos incompreendidos até por aqueles a quem muitos amamos, só Ele pode nos proteger, motivando a todos que sofrem ou não com o mal que causam a si e aos outros, a um conversão, a uma volta milagrosa para uma vida mais digna, humana, cristã.

Compartilhe: